ATHLON NOS ESTERÓIDES! Overclockamos o 3000G para ver até onde ele consegue ir

Novo processador de entrada da AMD chegou com overclock desbloqueado e frequências mais altas
Por Diego Kerber 19/11/2019 20:00 | atualizado 12/12/2019 01:01 Comentários Reportar erro

A AMD lançou um novo produto dentro do seu line-up de modelos Ahtlon, o 3000g. Ele mantém diversas das características da linha, como dois núcleos e quatro threads, porém vem desbloqueado para overclock!

Site oficiald o AMD Athlon 3000G

A nova geração do Athlon traz um preço mais acessível que seu antecessor, o 200GE, que chegou ao mercado por US$ 55. Agora com preço sugerido de US$ 49, ele traz frequências de fábrica mais altas, com processador operando em 3.5GHz (era 3.2GHz) e chip gráfico Vega em 1100MHz (eram 1000MHz)

Falando nos gráficos, o Athlon conta com a GPU integrada Vega 3, a mesma presente em modelos como Ryzen 5 3400G (Vega 11) e Ryzen 3 3200G (Vega 8), porém com bem menos unidades computacionais, no caso, as 3 que o próprio nome indica.

Comparativo


AMD Athlon 3000G

AMD Athlon 200GE

Preços

Preço no lançamentoU$ 49,00 U$ 60,00
Preço atualizadoU$ 49,00 U$ 60,00

Especificações

CodinomePicasso Raven Ridge
SocketAM4 AM4
Fabricação em14nm 14nm
Instruções64-bit 64-bit
Núcleos2 2
Threads4 4
Clock3500 3200
Clock (Turbo)- 3200
DesbloqueadoSim Não
Canais de memóriadual-channel dual-channel
MemóriasDDR4 DDR4
Cache L34 4
PCI Express3.0 3.0
Canais PCI Express8 8
TDP35 35

Vídeo Integrado

Monitores suportados3 3
GPURadeon Vega 3 Radeon Vega 3
Clock1100 1000
DirectXDX12 DX12

Características Gerais

Acompanha cooler?Sim Sim

Nos testes, usamos a seguinte bancada:

- AMD Athlon 3000G - site oficial
- AsRock Fatal1ty B450 Gaming-ITX/ac - site oficial
- 2x 8GB G.SKILL FlareX DDR4 @2666MHz - site oficial
- Thermaltake ToughPower 750W - site oficial

Para placa de vídeo dedicada:
- AsRock Phantom Gaming X Radeon RX590 8G OC - site oficial

Mesmo com as leve diferenças de clocks, me nosso gameplay com o 3000G não vemos diferenças muito grandes comparado ao nosso teste com o 200GE:

Frequências um pouco mais altas ajudam a atingir um pouco mais de desempenho, mas as diferenças não são significativas o bastante para considerarmos um salto relevante. O processador sozinho já deu conta de um bom gameplay com games leves como PUBG Lite, Counter Strike: Global Offensive e Rocket League com um bom balanço entre qualidade e performance.

O novo Athlon é mais barato, tem frequências mais altas e é desbloqueado para overclock

Mas foi brincando com o overclock que deu para ver que há uma margem "para brincar" com esse produto. Conseguimos subir dos 1100MHz para 1600MHz no chip gráfico, algo que traz um ganho respeitável de desempenho, enquanto o processador deu para jogar em 3.7GHz de forma estável, sem subir em excesso a tensão elétrica.

É relevante ter overclock em um produto de entrada? Depende da oportunidade. Para você ter overclock disponível, precisa de um chipset que dê suporte, saindo da plataforma de entrada A320 para no mínimo uma B350/450. Essa diferença de preço pode ser algo próximo da diferença de preço entre esse Athlon e o próximo produto no line-up AMD, no caso o Ryzen 3 3200G. Definitivamente eu prefiro dois núcleos de processador a mais e mais que o dobro de Compute Unites Vega que o Ryzen 3 ao invés de overclockar um Athlon. Basta ver os vídeos de nossa série do PC da Crise para ver o que ele é capaz de fazer.

Mas para um PC barato de uso cotidiano básico e alguns jogos leves e que, talvez, até seja possível fazer overclock, o Athlon 3000G é um CPU para ficar de olho.

Assuntos
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego colabora com a Adrenaline na produção de notícias e artigos na coluna "Vida Digital".

Apostas do TGA 2019: Jogo do Ano - GOTY

Mais vídeos