HP abandona a marca Palm

Quando a HP comprou a marca Palm, por US$1.2 bilhão, em abril do ano passado, ela deixou bem claro seu objetivo: se apoderar do sistema operacional WebOS para entrar de vez na briga pelo mercado de smartphones e tablets. Ficou a dúvida se companhia do Vale do Silício iria continuar usando ou não a marca Palm.


Pelo que pode se perceber na coletiva de imprensa de ontem, quando a HP lançou seu tablet, o TouchPad, a escolha foi abandonar a marca. Normalmente, Palm seria a marca que um produto assim levaria, no entanto, o tablet veio somente sob a chancela da HP. No entando, o sistema operacional é, como era de se esperar, o WebOS.

Na época da compra, em comunicado, a HP falou: "A combinação da escala global da HP e da plataforma WebOS da Palm permitirÁ à HP participar mais agressivamente nos lucrativos mercados de smartphones e demais dispositivos móveis conectados".

Agora resta esperar se o OS criado pela Palm, que jÁ foi muito elogiado, junto com a eficiência conhecida dos produtos HP vai fazer frente às outras empresas que disputam esse mercado jÁ hÁ mais tempo. Também resta esperar se, quem sabe um dia, a Hawlett-Packard não vai querer ressuscitar a marca que foi inovadora nos touch-screens dos anos 90.

Assuntos
  • Redator: Gian Kojikovski

    Gian Kojikovski

    Peixe fora d’água, Gian Kojikovski demorou em entrar no mundo da tecnologia. Ganhou seu primeiro computador aos 11 anos mas só foi descobrir como usá-lo aos 13. Desde então, gastou tardes e madrugadas entre os clássicos The Sims e GTA II. É estudante de jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina e tem interesse em pesquisas na área de smartphones.

Você já começou a segurar suas compras de games e hardware pra se preparar para a próxima geração de consoles?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.