Aplicativo ajuda a diminuir riscos nos SATAs em chipsets Intel série 6

Se você é uma das pessoas que fez o upgrade para  nova arquitetura Sandy Bridge e tem se preocupado com os problemas das portas SATA 2.0 com os chipsets Intel série 6, a Gigabyte disponibilizou um software que pode ser muito útil, o GIGABYTE 6 Series SATA Check.

O utilitÁrio, disponível para download no site da Gigabyte, informa se as portas SATAs que estão sendo utilizadas são de fato afetadas pelas portas Intel PCH SATA 2.0. É também recomendado que seja feito a troca dos dispositivos SATAs para as portas SATA 3.0. O utilitÁrio é um programa simples que funciona em qualquer placa-mãe baseada no chipset da série 6 e existem três casos possíveis e para cada o programa oferece uma sugestão de configuração de conexão das portas SATAs.

O primeiro caso é quando não nenhum dispositivo conectado às portas afetadas da Intel PCH SATA 2.0, nesse caso o programa irÁ informar que a configuração SATA estÁ correta.

O segundo caso é quando os dispositivos estão todos conectados nas portas afetadas da Intel PCH SATA 2.0, nesse caso o programa sugere a mudança de 1 ou 2 dispositivos da porta SATA 2.0 da Intel PCH para as portas livres SATA 3.0.

O terceiro caso é quando os dispositivos estão conectados nas portas SATA 2.0 da Intel PCH e as portas SATA 3.0 também estão todas ocupadas. Nesse caso o programa irÁ informar que "O uso das portas SATA 2.0 da Intel PCH não é recomendada."


Caso tenha dispositivos SATA 1 ou SATA 2 este chipset não afetarÁ o sistema desde que esses sejam conectados nas portas SATA 3 (portas brancas). No entanto, caso utilize 3 ou mais dispositivos SATAs, é interessante dar prioridade aos dispositivos mais importantes para portas SATA 3.0 e os menos importantes para as portas Intel PCH SATA 2.0 (por exemplo: drive de DVD). 

Assuntos
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Você já começou a segurar suas compras de games e hardware pra se preparar para a próxima geração de consoles?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.