Google acusa Bing de copiar resultados de busca

O Google acusou ontem a rival Microsoft de copiar os resultados de buscas de seu buscador.

A acusação veio com os resultados de um teste, feito pelo Google, que mostra como os resultados para termos pesquisados no Google são copiados semanas depois pelo Bing. Um membro da equipe de desenvolvimento do algoritmo de pesquisa do Google, Amit Singhal, chamou a atitude de "trapaça."

Na acusação, o Google diz que jogou uma isca, alterando o algoritmo de resultados para ver se o Bing fazia o mesmo. Por exemplo, o Google mudou o seu algoritmo para mostrar o website da Research in Motion, fabricante do Blackberry, se o usuÁrio digitasse "mbzrxpgjys". Mais tarde, o mesmo resultado foi visto no Bing, de acordo com o Google.

Foram encontrados casos similares entre de sete a nove dos 100 diferentes termos testados, de acordo com o Google.

Em resposta, Harry Shum, vice-presidente da Microsoft, escreveu em seu blog que as acusações do concorrente são mentirosas e baseadas em manobras novelescas de espionagem.

Na terça, Amit Singhal postou no blog oficial do Google a forma como a companhia chegou a conclusão de que o Bing estava copiando o seu mecanismo de busca, adicionando que ele queria que esta prÁtica acabasse. Google quer competir com "algoritmos calcados na inovação, e não em resultados de busca reciclados de um competidor ," ele escreveu.

Stefan Weitz, diretor do mecanismo de busca do Bing na Microsoft, disse em entrevista que a empresa estuda como os usuÁrios interagem com o Google para aprimorar o Bing. O buscador faz isso através do que foi chamado de "clickstream data," ou informações que usuÁrios do Internet Explorer e da toolbar do Bing enviam voluntariamente para a empresa.

Weitz, porém, disse ainda que estes dados são apenas um dos mais de mil sinais que o Bing usa para gerar seus resultados de busca. De acordo com o executivo, esta é a razão porque o Google só encontrou algumas cópias. "Os competidores estão tentando ver quais são as melhores ideias que hÁ por aí," disse Weitz.

As pelejas verbais são o mais recente capítulo na rivalidade entre as duas empresas, que hÁ anos competem em vÁrias frentes, como publicidade on-line, navegação, entre outros.

Google no passado foi acusado de copiar a interface do Bing, inclusive a pÁgina inicial, a barra de navegação na esquerda na pÁgina de resultados, na aparência da sua pÁgina de busca de imagens, entre outras coisas.


Assuntos
  • Redator: Alexandre Lunelli

    Alexandre Lunelli

    Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Alexandre é um entusiasta da fotografia, música, e demais áreas que não cansem muito. É fã da comunidade opensource, e sonha com um mundo mais bonito, igualitário e sem o trabalho, mal que corrompe a humanidade.

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.