Mais evidências de que o Google teria plagiado Java no Android

A acusação da Orcale de que o Google teria copiado código do Java no Android ganhou força nos últimos dias. Uma busca independente no código do sistema encontrou mais arquivos do que a própria Oracle cita que teriam sido copiados diretamente.

Entre eles, seis arquivos presentes no Android 2.2 e 3. teriam sido extraídos do código fonte do Java usando um decompilador. Em torno de 37 arquivos foram marcados como arquivos proprietÁrios da Sun, inclusive um arquivo que incluí um aviso de Copyright da Sun alertando os usuÁrios para não distribuírem o material.

Mesmo partes do código que eram de código aberto, distribuídas pela licença GPL2 teriam violado os direitos da Sun (e agora Oracle), jÁ que teríam sido redistribuídos sem autorização.

O Google acusa a Oracle de ter sido oportunista e clamado pelos direitos de proprietÁria do código do Java só depois de comprar a Sun e, consequentemente, poder lucrar com as licenças. 

Assuntos
  • Redator: Alexandre Lunelli

    Alexandre Lunelli

    Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Alexandre é um entusiasta da fotografia, música, e demais áreas que não cansem muito. É fã da comunidade opensource, e sonha com um mundo mais bonito, igualitário e sem o trabalho, mal que corrompe a humanidade.

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.