Sites de pirataria atraem 53 bilhões de visitas por ano

Um estudo da empresa MarkMonitor monitorou trÁfego ilegal em 43 sites de compartilhamento de arquivos e descobriu que eles geram mais de 53 bilhões de visitas por ano.

Somente os três mais visitados - RapidShare.com, Megavideo.com e Megaupload.com - geraram mais de 21 bilhões de visitas.

O estudo, que foi encomendado pela Câmara de Comércio dos EUA, usa apenas uma pequena quantidade de sites, o que sugere que o quadro geral seja ainda maior.

É claro que o número de visitas não significa o mesmo que o número de downloads, mas os resultados apontam que sites comerciais de compartilhamento de arquivos estão se tornando tão populares como as tecnologias P2P no que diz respeito a pirataria de músicas e vídeos.

Um dos sites apontados no estudo, o RapidShare, foi acusado pela RIAA (Recording Industry Association of America) de hospedar uma enorme quantidade de conteúdos pirateados.

A RIAA quer que o site instale filtros para monitorar o trÁfego de arquivos ilegais dentro do site. Nesta semana, na Alemanha, um tribunal decidiu que o Rapidshare não tem de instalar estes filtros. De acordo com a sentença, foi constatado que o site estÁ tomando medidas razoÁveis de combate a pirataria.


Assuntos
  • Redator: Alexandre Lunelli

    Alexandre Lunelli

    Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Alexandre é um entusiasta da fotografia, música, e demais áreas que não cansem muito. É fã da comunidade opensource, e sonha com um mundo mais bonito, igualitário e sem o trabalho, mal que corrompe a humanidade.

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.