Créditos: Wccftech

Intel divulga imagens oficiais da sua placa de vídeo

A empresa também deu novas informações sobre TDP e variantes da microarquitetura Xe
Por Saori Almeida 09/01/2020 14:40 | atualizado 09/01/2020 16:10 Comentários Reportar erro

A Intel  já demostrou um pouco da performance do seu primeiro chip gráfico dedicado baseada na microarquitetura Xe esta semana e hoje temos um novo combo de informações sobre as futuras GPUs que resultarão dele. A empresa liberou imagens oficiais da sua nova placa e nos deu um pouco mais de material sobre suas especificações - além de novidades sobre a microarquitetura utilizada nela.

O objetivo da placa de desenvolvimento revelada é otimizar o conjunto de softwares em torno dos próximos chips e placas gráficas baseadas em Intel Xe. Para deixar mais claro, ela é é um veículo de desenvolvimento de software baseado na GPU DG1. Ou seja, é um modelo com objetivo de tornar o chip operacional para testes e desenvolvimento, e não um produto final.

De acordo com o material divulgado, a Intel planeja lançar três variantes de microarquitetura baseada em Xe:

- Xe LP (Low-Power): direcionada para dispositivos mobile (notebooks, por exemplo) que demandam gráficos na faixa de entrada e intermediária.

- Xe HP (High-Performance): dedicada a workstations e Media Transcode Analytics. No geral, situações que demandam gráficos na faixa high-end.

- Xe HPC (High-Performance Computing): desenvolvida para o mercado HPC (high-performance computing, computação de alta performance). DL/Training e Cloud GFX.

Até o momento, sabemos que o TDP da Xe LP está em torno de 5W-20W, enquanto a Xe HP aumenta esse valor para 75W-250W. Não temos números concretos sobre a Xe HPC, mas é seguro apostar que isso suba ainda mais.

A GPU Intel DG1 é baseada na microarquitetura Xe LP, pois não há conectores visíveis na placa para ligá-la até onde podemos ver, algo que faz acreditar que esse modelo opere a no máximo os 75W que o PCIe é capaz de alimentar. Ela ainda traz uma interface PCIe x16 completa, que pode ter sido baseada no protocolo Gen 4.0, e, segundo rumores recentes, deve apresentar 96 unidades de execução e 768 shaders.

Falando do design em si, caso os consumidores recebam de fato o que foi mostrado hoje, terão uma placa bem pequena com uma única fan e slot duplo. Ela também aparenta ter quatro portas Display Port. Porém, frisando novamente, não temos total certeza que essa aparência chegará ao mercado.

Os primeiros dispositivos a contar com as GPUs dedicadas da Intel devem ser os notebooks equipados com Tiger Lake.Eles devem ser disponibilizados ainda este ano.

Além disso, vazamentos de algumas variantes de GPU DG2 também andam circulando por aí e, segundo essas informações, deve contar com a microarquitetura Xe HP e um design mais sofisticado. A contagem de unidades de execução deve variar entre 128 e 512.

O que a Intel confirmou, no entanto, é que teremos mais informações sobre suas GPUs dedicadas na Computex 2020, que acontecerá no início de junho.

Você pode conferir o hands-on da placa feito pelo Wccftech abaixo (a partir dos 00:50min):


Via: wccftech
  • Redator: Saori Almeida

    Saori Almeida

    Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul e estuda Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.