Créditos: Huawei

Diferença de desempenho entre o futuro Kirin 1020 e o Kirin 990 será de até 50%

Espera-se que o Kirin 1020 consiga concorrer com o Qualcomm Snapdragon 865

Um rumor que surgiu no Twitter, pelo usuário conhecido como @RODENT950, sugere que a Huawei deverá lançar seu próximo SoC de última geração com o nome de Kirin 1020, que equipará a nova série de smartphones da linha Mate, a Mate 40. Entretanto relatórios diferem do nome do novo chip, afirmando que ele será chamado de Kirin 1000. Deixando a nomenclatura um pouco de lado, o responsável pelo vazamento acredita que a diferença de desempenho entre o Kirin 1020 e o atual Kirin 990 será bem expressiva, chegando próxima dos 50%.

A comparação foi realizada com o Kirin 990 5G, e não com a versão 4G do chip. Ambos já possuem bastante diferença na quantidade de transistores e na frequência do processador. Este detalhe trouxe ainda mais surpresa quanto à diferença de desempenho entre o 1020 e o 990 5G.

A diferença não se limita somente ao desempenho, mas também no processo de fabricação. Provavelmente a Huawei utilizará a tecnologia dos 5 nm para a fabricação do Kirin 1020. Como a empresa já fez anteriormente, ela deverá se juntar à TSMC para o processo de fabricação dos chips. O SoC deve vir equipado com o ARM Cortex-A77, o que resulta na sustentação de frequências mais altas em todos os núcleos do Kirin 1020.

O Kirin 1020, segundo o @RODENT950, não terá uma versão com modem 4G. O chip terá um novo modelo do modem 5G da empresa, o Balong. Sobre o número do modelo nada foi revelado, contudo espera-se que ele seja mais rápido e eficiente do que o atual Balong 5000.

Todas estas informações, que ainda não foram confirmadas pela própria Huawei, nos mostram que a empresa está trabalhando duro para entregar no próximo ano um concorrente à altura do Snapdragon 865, futuro SoC topo de linha produzido pela Qualcomm que foi anunciado recentemente.

Fonte: Wccftech
Assuntos
  • Redator: Jean Oliveira

    Jean Oliveira

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.