Créditos: WindowsClub

YouTube muda forma como enxerga violência em jogos

A plataforma agora faz distinção entre violência real e simulada nos vídeos

O YouTube anunciou uma mudança que promete ser significativa na forma como enxerga games violentos, em nota, a empresa explicou que sabe que existe uma diferença entre a violência real e a simulada, roteirizada. A real são as filmadas da vida real e compartilhadas abertamente na plataforma, já as simuladas são as que vemos em filmes, shows de TV e nos videogames. Sendo assim, começando nesta semana, violência em jogos será tratada como simulada, tendo os seguintes impactos aos criadores conforme o próprio YouTube:

- Futuros envios de jogos que incluam violência roteirizada ou simulação podem ser aprovados em vez de ter restrição de idade.

- Haverá menos restrições à violência nos jogos, mas essa política ainda manterá nossa alta barreira para proteger o público da violência no mundo real.

- Ainda podemos restringir o conteúdo por idade, se imagens violentas ou sangrentas forem o único foco do vídeo. Por exemplo, se o vídeo se concentrar inteiramente na parte mais violenta graficamente de um videogame.

YouTube não vai mais exibir
anúncios em conteúdos infantis

A medida chega para deixar mais consistente o programa de parceiros do YouTube, que cobra anúncios nos vídeos dos produtores de conteúdo, e evitar bombas jurídicas para a Google e seu portal de produções audiovisuais. Além disso, é ressaltado o guia de política da comunidade do YouTube na nota, reforçando que a atualização não muda em nada outras regras.

Recentemente, o YouTube anunciou uma medida drástica após levar uma rasteira financeira nos Estados Unidos, sendo multado em ao menos U$150 milhões por ter direcionado anúncios à crianças nos vídeos. O controle de dados de crianças é proibido sem a permissão dos pais, algo que resultou em uma grande dor de cabeça ao Google e terminou no fim de anúncios em conteúdos infantis, algo que deve sacudir o site.

Fonte: YouTube, YouTube (Twitter)
  • Redator: Neri Neto

    Neri Neto

O novo visual do Xbox Serie X