Créditos: WCCFTech

Intel pode estar reequilibrando o cache dos processadores Tiger Lake de 10nm

Testes do Geekbench mostram até 400% mais memória que a versão atual

A Intel começou a reequilibrar a estrutura de cache com a sua linha HEDT, na microarquitetura SkyLake-X. Um relatório da Geekbench mostrou que as próximas Tiger Lake-Y de 10nm parecem estar passando pela mesma reestruturação. Segundo os testes executados, a décima primeira geração tem resultados até 400% melhores que a versão atual, sendo uma próxima potencial HEDT.

As especulações estão afirmando que a empresa pode estar trabalhando em soluções semelhantes a Skylake-X, algo que seria mais benéfico para as CPUs mobile, que integram os notebooks. Com a décima geração, a Intel investiu na redução da quantidade de cache L3, para aumentar o L2 (que entrega uma menor latência). O que se espera é que com o Tiger Lake seja melhorada os caches L1, L2 e L3, o que diminuiria ainda mais o tempo de resposta do processador, sem sacrificar nenhum dos níveis.

O sistema demonstrado pelo Geekbench possui quatro núcleos e oito threads. Ele apresentava um cache significativamente grande, de 1.280 KB (1,25 MB) de L2 por núcleo, totalizando 5.120 KB (5 MB) do cache total de L2. Isso representa uma melhoria de 400% em relação a versão anterior. Com esse aumento significativo do a CPU de amostra apresentou uma melhoria de 50% no tamanho do cache L3, com um total de 12MB.

Segundo os testes, a Intel também melhorou o cache L1, elevando para 48 KB. Mesmo assim os testes feitos com a CPU de amostra supera muito a versão atual. Isso porque o aumento do cache L2 não ocorre devido a redução do cache L3, o que permite o aumento do desempenho em geral.

Além dessa reestruturação, também é esperado que o Tiger Lake tenha PCIe 4.0. Atualmente esse recurso está disponível apenas para as plataformas X570 e TRX40 da AMD e iGPUs Intel Xe de até 96 EUs. A Intel ainda não confirmou oficialmente nenhuma das informações.

É esperado que a Intel lance a nova linha Tiger Lake no mercado em 2020 ou início de 2021. Ainda não se sabe por qual preço ele deve começar a ser comercializado.

Via: WCCFTech
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

O novo visual do Xbox Serie X