Créditos: Arte: Lock Gamer

Canal do Lock Gamer é hackeado e está temporariamente (esperamos) fora do ar

Canal de hardware brasileiro também foi vítima do roubo de contas no YouTube
Por Diego Kerber 27/11/2019 19:00 | atualizado 27/11/2019 19:11 Comentários Reportar erro

Uma péssima notícia para fãs de conteúdos sobre hardware no Brasil. O canal Lock Gamer, tocado por Robson Santos (ou Lock Gamer verde, como ficou conhecido na transmissão do Adrena que participou) foi hackeado. A conta pessoal do Robson foi invadida e o controle do canal foi passado para outra conta com um nome russo impronunciável.

O ataque a YouTubers tem se tornado algo mais comum, com ataques de phishing direcionados para tomar as credencias dos usuários com poderes administrativos da conta, muitas vezes simulando uma tela de login do Google, como reporta o ZNet.

Como o próprio Robson informa em seu vídeo postado em outro canal, apesar do contato com o YouTube já estar em andamento, não há nenhuma perspectiva de quando o controle será retomado pelo dono legítimo. Enquanto isso, o canal para se comunicar será o Lock News, que nasceu com outro objetivo mas a necessidade é a mãe de todas as invenções, como diz o ditado.


Nascimento do Lock Gamer verde

Como escapar desse problema? O Google recomenda utilizar a autenticação em dois fatores para aumentar a segurança o que reduz o risco de ataques. Porém se manter vigilante é algo sempre recomendável, já que esses ataques de phishing estão mais especializados para esse perfil de usuário, então atenção redobrada nos dispositivos e nos sites que você realiza o login com suas contas.

Boa sorte ao Robson e ao Lock Gamer, pois seja na cor natural ou levemente esverdeado, quanto mais canais gerando conteúdo em português e pensando na ótica nacional sobre o mundo do hardware, melhor para todos nós entusiastas desse assunto.

  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.