Créditos: NVIDIA

NVIDIA permitirá que GPUs da AMD suportem monitores com a tecnologia G-Sync

Infelizmente a compatibilidade estará disponível somente nos futuros monitores

Parece que a NVIDIA está revendo seus conceitos com relação à sua tecnologia proprietária G-Sync, e provavelmente é o mercado e a concorrência que estão causando esta mudança de postura da empresa, afinal negócios são negócios. O grande ponto negativo da tecnologia G-Sync da NVIDIA está no fato dela ser proprietária, o que gera um custo mais elevado aos fabricantes de monitores, se comparado à tecnologia aberta da AMD, o FreeSync.

No início deste ano, mais precisamente no mês de Janeiro, a NVIDIA divulgou um comunicado que iria apoiar oficialmente a tecnologia VRR (Variable Refresh Rate) padrão VESA em suas placas de vídeo. Com isso, as placas gráficas da empresa poderiam utilizar sem problemas todos os recursos da tecnologia FreeSync, da AMD, se o monitor utilizado, claro, possuir suporte à tecnologia. Agora quase no final deste ano a NVIDIA pretende dar mais um passo adiante. Segundo um relatório da TFT Central e a confirmação da própria NVIDIA, a empresa permitirá o suporte ao VRR para os próximos monitores equipados com o módulo G-Sync da empresa, o que permitirá que as placas de vídeo da AMD funcionem com os monitores com a tecnologia proprietária G-Sync da NVIDIA. 

O relatório da TFT Central afirma que os futuros monitores G-Sync suportarão o HDMI-VRR e o Adaptive Sync sobre as portas HDMI e Display Port, respectivamente. Porém será necessário que os fabricantes de monitores disponibilizem uma atualização de firmware para os novos modelos que serão lançados com o módulo G-Sync.

"Portanto, se você possui uma placa de vídeo AMD, ainda continuará aproveitando a experiência VRR e a partir de agora os benefícios adicionais que o módulo G-Sync traz, que anteriormente estava fora do alcance desses usuários" - TFT Central.

Infelizmente está atualização de firmware não será compatível com os atuais módulos G-Sync já lançados, nem mesmo com a segunda versão. O que significa que os atuais monitores G-Sync continuarão a não ter o suporte a tecnologia VRR.

Fonte: techpowerup, tomshardware
Assuntos
  • Redator: Jean Oliveira

    Jean Oliveira

O novo visual do Xbox Serie X