Créditos: Centaur Technology

Centaur anuncia SoC x86 para servidor que combina 8-core e IA chegando a 4096 operações por ciclo

SoC integra octa-core x86 a coprocessador de Inteligência Artificial para acelerar potencialmente o numero de operações por ciclo

A Centaur Techonologies, subsidiária da VIA Technologies, Inc., anunciou um novo processador para o mercado de servidores. O processador da Centaur é um SoC octa-core x86, mas o seu diferencial é o fato de ele vir equipado de um coprocessador de Inteligência Artificial. O mercado que a empresa busca com o novo produto é o de data center, servidores edge analytics, entre outros. Atualmente, esse mercado é preenchido por hardwares x86 PC/server associados a GPUs.

No caso do produto anunciado, o processador inclui um hardware x86 de alta performance combinado com o primeiro coprocessador de IA integrado para sistemas x86. A Centaur alega que a PCB para aplicações de servidores e o suporte às mais recentes extensões x86, como AVX512, além de novos conjuntos de instruções foram projetados para acelerar a transferência de dados de IA. De acordo com o arquiteto chefe do Centaur AI coprocessor,  Glenn Henry (que já trabalhou para IBM e Dell), o componente NCORE (codinome interno do coprocessador) integrado na SoC entrega 50x a performance de inferência de um CPU convencional. O componente foi projetado do zero buscando eficiência, escalabilidade, flexibilidade e baixa latência. Utilizando 32,768-bit em arquitetura SIMD (Single Instruction Multiple Data) ultra-larga, organizada em fatias verticais para facilitar a reconfiguração de tamanho, é possível alcançar 4096 operações computacionais por ciclo, resultando em baixíssima latência. O principal desafio é a memória, requerendo uma larga escala de RAM interna com taxas de 20 TB/s, além da necessidade de acesso o mais rápido possível à DRAM e ao cache L3.

 

Com essas características, o coprocessador consegue liberar os núcleos x86 para outras operações, elevando a escalabilidade do conjunto para até 20 trilhões de operações de IA por segundo (20TOPS). O SoC é produzido pela TSMC em 16nm, com um chip de 195mm2 e fornece 44 pistas PCIe e 4 canais DDR4 PC3200.

Em demonstração pela própria Centaur, os resultados preliminares mostraram que o novo SoC funcionando em um sistema de referência a 2.5GHz é capaz de "classificar uma imagem em menos de 330 microssegundos enquanto garantia taxa de inferência equivalente a 23 núcleos de alta performance de hardwares x86 de outras marcas." É importante ressaltar que ainda segundo a Centaur, o novo SoC é totalmente compatível com computadores e servidores convencionais e o coprocessador IA integrado pode ter seu desempenho incrementado com GPUs eu placas aceleradoras de IA.

A empresa vai apresentar o novo processador no estande 751 da ISC East, que ocorre nos dias 20 e 21 de novembro, no Centro de Convenções Jacob K. Javits em Nova Iorque.

 

Via: Hexus.net
Assuntos
  • Redator: Daniel Trefilio P. de Carvalho

    Daniel Trefilio P. de Carvalho

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas em 2013, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes.

O novo visual do Xbox Serie X