Créditos: TechPowerUp

Intel anuncia GPU Ponte Vecchio Xe para HPC e oneAPI para modelos de programação unificados

Anuncios aconteceram na Supercomputing 2019 e representam uma convergência entre computação de alto desempenho e inteligência artificial

A Intel anunciou na Supercomputing 2019 a sua visão em busca da dominância na convergência entre computação de alto desempenho (high-performance computing / HPC) e inteligência artificial (IA), com seu novo portfolio de silícios para data center, a Ponte Vecchio Xe,  e a oneAPI, nova iniciativa em softwares para mudar os paradigmas atuais do mercado de modelos para programação.

Ponte Vecchio Xe: GPUs com escalonamento em exaFLOPS pra computação de alto desempenho

No que diz respeito ao número crescente de arquiteturas heterogêneas para computação de alto desempenho (HPC), a Intel anunciou a Ponte Vecchio Xe, sua nova GPU otimizada para convergência entre HPC e IA, com Exascale (escala em exaFLOPS) para milhares e EUs (do inglês, Unidades de Execução), e cada unidade de execução foi melhorada para entregar pontos flutuantes com precisão dobrada até 40 vezes melhor. 

As EUs estão interligadas com uma nova malha de memória escalonável denominada XEMF (XE Memory Fabric), com diversos canais de memória de alta largura de banda. A arquitetura Xe HPC também traz uma cache unificada bem maior, por sua vez denominada Rambo, que conecta inúmeras GPUs. Por entregar uma enorme largura de banda de memória, essa cache consegue oferecer picos sustentáveis de até 64 pontos flutuantes em cargas de trabalho de precisão dobrada.

As GPUs da linha Xe HPC serão fabricadas com a nova microarquitetura de 7nm, e a Intel utilizará suas novas e melhoradas tecnologias de empilhamento e interconectores omnidirecionais Forveros & EMIB para desenvolver essa nova linha de GPUs para Exascale. Destacam-se algumas as melhorias da microarquitetura de 7nm em relação a de 10nm:

  • 2x a densidade de escalonamento
  • Otimizações de comunicação intra-nós (comunicação entre processos internos a cada nó)
  • Design rules 4x menores (projetos de PCBs)
  • EUV (Extreme Ultraviolet Lithography)
  • Emiplhamento Foveros & EMIB de nova geração

oneAPI: Uma abordagem em computação heterogênea centrada em desenvolvedores

A inciativa oneAPI que a Intel lançou vai definir a programação no mundo de multi-arquiteturas exacerbado de IAs. A oneAPI fornece uma experiência unificada de livre de programação para desenvolvedores trabalharem com a arquitetura de sua preferência sem comprometer a performance e eliminando a complexidade de bancos de códigos separados, linguagens de múltiplas programações e diferentes ferramentas e fluxos de trabalho. Sua intenção é preservar os investimentos em softwares já existentes com suporte às diversas linguagens de programação, e, ao mesmo tempo, oferecer flexibilidade para que os desenvolvedores possam criar aplicações mais versáteis.

a oneAPI incluí tanto especificação abertas da indústria quanto ferramentas beta da Intel. As especificações incluem linguagem direta de programação, APIs robustas e interface com hardware de baixo nível. A aplicação beta da Intel oferece um portfólio amplo de ferramentas para desenvolvedores que inclui compiladores, bibliotecas e analisadores, integradas em um único kit de desenvolvimento. O lançamento inicial da oneAPI beta foca nos processadores escalonáveis Intel Xeon, processadores Intel Cor com gráficos integrados e Intel FPGAs (Arranjo de Portas Programáveis em Campo, do inglês Field Programmable Gate Array), com suporte para outros hardwares em futuros lançamentos. Os desenvolvedores interessados podem baixar as ferramentas oneAPI, testá-las na Intel oneAPI DevCloud, e buscar mais detalhes no site oficial da ferramenta.

Via: TechPowerUp
  • Redator: Daniel Trefilio P. de Carvalho

    Daniel Trefilio P. de Carvalho

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas em 2013, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes.

O novo visual do Xbox Serie X