Créditos: AMD

Com a nova geração de consoles, AMD espera aquecimento para 2o semestre de 2020

Em entrevista, Lisa Su afirma que a chegada dos próximos consoles vai trazer crescimento de produção para segunda metade do ano que vem

Após a divulgação dos resultados financeiros muito positivos do terceiro trimestre da AMD, sua CEO Lisa Su, em entrevista, pode se aprofundar em alguns dos tópicos discutidos na call com investidores sobre esses ganhos. 

Em se tratando dos negócios da AMD no ramo de consoles, Su espera ter um forte crescimento de demanda de produção no segundo semestre de 2020, já que os lançamentos do PlayStation5 da Sony e, ainda sem nome oficial, "Project Scarlett" da Microsoft, ambos com arquiteturas de CPU/GPU Zen 2/RDNA da AMD, são aguardados para as celebrações de fim de ano, período em que há um grande aumento de vendas.

"O negócio de consoles é um grande negócio para nós. Estamos muito felizes de estar na próxima geração de consoles Sony e Microsoft para 2020. Estamos passando por uma transição de produto no momento. A maioria das energias se voltaram para os novos consoles. Mas nossa expectativa é que, à medida que essa geração diminuir, tenhamos um forte crescimento para a próxima geração, particularmente à medida que formos para o segundo semestre de 2020"

A CEO da AMD também fez questão de reiterar como o objetivo é obter gráficos Radeon 'em todos os lugares' ao discutir a recente parceria estratégica de vários anos com a Samsung para 'gráficos em dispositivos móveis de alto desempenho'.

"Sobre a maneira de pensar sobre isso, queremos Radeon gráficos para estar em toda parte. 'Em todos os lugares' significa no datacenter, em jogos, em PCs, em consoles, bem como em dispositivos móveis. Samsung, como nosso parceiro em gráficos — é uma oportunidade de licenciamento, bem como uma oportunidade de desenvolvimento, onde estamos otimizando em conjunto nossos gráficos Radeon para aplicações de baixa potência. Novamente, é uma dessas áreas onde ter a expansão da arquitetura para todos esses segmentos de produtos é algo bom para os desenvolvedores além de ser algo bom para a arquitetura."

De fato, se levarmos em consideração o fato de tanto os consoles Xbox e PlayStaion, além Google Stadia que se aproxima, o Nintendo Switch acaba sendo a única plataforma de games atrelada exclusivamente a NVIDIA.

Xbox Scarlett: Microsoft promete grande upgrade de processador no console

O acordo com a Samsung não significa que a AMD vá necessariamente usar o processo EUV (Extreme Ultraviolet Lithoraphy) de 7nm da Samsung.

"Achamos que a Samsung é um grande parceiro em geral. Certamente, estamos familiarizados com o seu trabalho de fabricação de semicondutores. Já fizemos gráficos lá antes, e vamos olhar para as oportunidades conforme as coisas forem evoluindo. Eu acho que a grande parte disso é que há um ecossistema rico de fabricação, se você estiver falando da TSMC ou Samsung. Nosso objetivo é estar na vanguarda desse ecossistema."

Além disso, na mesma entrevista, Lisa Su prometeu avançar com investimentos relacionados tanto em hardware quanto em software para Inteligência Artificial, por considerar esse um mercado de potencial crescimento para a AMD nos próximos dois anos.

 

Via: Wccftech Fonte: Wccftech
  • Redator: Daniel Trefilio P. de Carvalho

    Daniel Trefilio P. de Carvalho

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas em 2013, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?