Créditos: R27 Blog

CPUs Intel Comet Lake podem trazer até 10 núcleos e novo socket

10ª geração dos Intel Core deve vir com chipset Série 400 e socket LGA1200
Por Carlos Felipe Estrella 03/11/2019 13:25 | atualizado 03/11/2019 13:26 Comentários Reportar erro

A nova geração de processadores da Intel, os chamados Comet Lake, poderá vir com até 10 núcleos e trazer um novo socket (LGA1200) e um novo chipset (da série 400). As informações vêm do site WCCF Tech, que ainda diz que a 10ª geração de processadores Intel terá diversos modelos Core i3, Core i5, Core i7 e Core i9 — todos feitos na atual litografia de 14nm.

Claro que essa é a primeira vez que se ouve falar desses rumores, portanto é necessário tomar cuidado ao tomá-los como verdade, já que eles não forma verificados por outras fontes. Ainda assim, como aponta o site Tom's Hardware, os slides que foram vazados parecem ser oficiais e vindos da Intel.

O grande destaque da família seria o Intel Core i9-10900K, que chegaria com 10 núcleos e 20 threads, assim como 20MB de cache. Sua versão bloqueada para overclock, o Core i9-10900 teria clock base de 3.0GHz e turbo clock de 5.1GHz com TDP de 65W. As frequências do modelo mais poderoso não foram reveladas.

 
Fonte: WCCF Tech

Mostrando a versatilidade dessa nova geração, a parte inferior da linha poderia incluir até mesmo o Intel Celeron G5900T, uma CPU dual-core sem Hyper-Threading com clock de 3.0GHz (sem turbo), TDP de 35W e 2MB de cache.

Um ponto de bom custo/benefício parece ser o Intel Core i5-10500K, que teria 6 núcleos e 12 threads e 12MB de cache. Sua versão bloqueada deverá ter clock base de 3.2GHz, turbo de 4.3GHz, TDP de 65W e 12MB de cache.

 
Fonte: WCCF Tech

O topo da linha mainstream seria o Core i7-10700K, um octa-core com Hyper-Threading que teria 16MB de cache. Os vazamentos novamente não revelam as frequências do modelo desbloqueado, mas sua opção bloqueada teria 3.0GHz de base e 4.8GHz de turbo, com TDP de 65W.

Como explica o site Tom's Hardware, parece que a Intel ainda não chegou na AMD em termos de interface, com sua próxima geração oferecendo apenas 16 linhas PCIe 3.0 (contra o PCI 4.0 da 3ª geração de CPUs Ryzen).

 
Fonte: WCCF Tech

A plataforma da Intel ainda suporta a tecnologia WiFi 6 (antiga 802.11ax), a próxima geração de internet fixa sem fio. Os slides ainda falam num aumento de 18% de performance multi-threaded em comparação com o Coffee Lake — o que é abaixo do esperado para um aumento de 25% na quantidade de núcleos.

Confira abaixo a lista de supostas CPUs de 10ª geração da Intel:
Core i9-10900K
Núcleos/Threads:
10/20
Cache: 20MB

Core i9-10900
Núcleos/Threads: 
10/20
Clock Base/Boost:  3.0/5.1GHz
TDP: 65W
Cache: 20MB

Core i9-10900T
Núcleos/Threads:
 10/20
Clock Base/Boost: 2.0/4.5GHz
TDP: 35W
Cache: 20MB

Core i7-10700K
Núcleos/Threads: 
8/16
Cache: 16MB

Core i7-10700
Núcleos/Threads: 
8/16
Clock Base/Boost: 3.0/4.8GHz
TDP: 65W
Cache: 16MB

Core i7-10700T
Núcleos/Threads: 
8/16
Clock Base/Boost: 2.0/4.4GHz
TDP: 65W
Cache: 16MB

Core i5-10500K
Núcleos/Threads: 
6/12
Cache: 12MB

Core i5-10500
Núcleos/Threads: 6/12
Clock Base/Boost: 3.2/4.3GHz
TDP: 65W
Cache: 12MB

Core i5-10500T
Núcleos/Threads: 
6/12
Clock Base/Boost: 2.3/3.7GHz
TDP: 35W
Cache: 12MB

Core i3-10100K
Núcleos/Threads: 4/8
Cache: 8MB

Core i3-10100
Núcleos/Threads: 
4/8
Clock Base/Boost: 3.2/3.8GHz
TDP: 65W
Cache: 8MB

Core i3-10100T
Núcleos/Threads:
4/8
Clock Base/Boost: 2.3/3.6GHz
TDP: 35W
Cache: 8MB

Intel Pentium G6400
Núcleos/Threads: 
2/4
Clock Base/Boost: 3.8/3.8GHz
TDP: 65W
Cache: 4MB

Intel Pentium G6400T
Núcleos/Threads: 
2/4
Clock Base/Boost: 3.2/3.2GHz
TDP: 4MB

Intel Celeron G5900
Núcleos/Threads: 
2/2
Clock Base/Boost: 3.2/3.2GHz
TDP: 65W
Cache: 2MB

Intel Celeron G5900T
Núcleos/Threads: 
2/2
Clock Base/Boost: 3.0/3.0GHz
TDP: 35W
Cache: 2MB

Via: Toms Hardware Fonte: WCCF Tech
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?