Streamer Shroud se junta a Ninja para trabalhar na plataforma Mixer, da Microsoft

Valor do acordo entre a Microsoft e o streamer não foi divulgado

A Microsoft está investindo pesado e trazendo grandes nomes para sua plataforma de streaming Mixer. Depois de ter contratado exclusivamente Tyler Blevins, mais conhecido como Ninja, a empresa está trazendo agora Shroud, que anunciou sua saída da Twitch pelo Twitter. Na rede social, o streamer divulgou que está mudando de plataforma e se juntando à ninja no Mixer.

O Mixer foi adquirido pela Microsoft ainda em 2016, quando se chamava Beam. A empresa "reformou" o serviço com otimizações técnicas e alguns recursos bem atraentes como co-streaming e novas maneiras para que os espectadores contribuíssem com seus ídolos. Mas além de investir financeiramente nas parte técnica, a empresa também está desembolsando muito dinheiro para atrair streamers famosos. 

De acordo com notícias, Ninja teria recebido US$ 50 milhões para fazer streaming exclusivas para a Microsoft. Para quem não o conhece, ele ficou muito famoso quando produzia conteúdos de Fortnite na Twitch. Em menos de uma semana trabalhando no Mixer, Ninja atingiu mais de um milhão de inscritos em seu canal.

Já Shroud conta com mais de 7 milhões de assinantes em seu canal na Twitch, e promete trazer tantos espectadores quanto o Ninja trouxe para o serviço da Microsoft. Ainda não se sabe o valor do contrato exclusivo com Shroud, mas esperamos que outros grandes nomes também continuem se juntando ao Mixer para agitar ainda mais a competitividade no mercado de streaming. 

Fonte: Neowin
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Estudo Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais. Assista lá, o conteúdo é legal ;D

Half-Life veio, e é em realidade virtual. Agora embala os óculos de realidade virtual?