Créditos: EA Games

Battlefield 5: War in the Pacific ganha trailer cinemático cheio de ação

Atualização chega gratuitamente para o game em 31 de outubro

A EA Games divulgou recentemente o trailer cinemático para Battlefield 5: War in the Pacific, atualização gratuita que chega para o shooter da DICE na semana que vem. O vídeo de três minutos e meio dá um panorama do que podemos esperar do update: embates sangrentos entre soldados dos Estados Unidos e as forças japonesas.

Apesar do foco na dramatização, o vídeo traz certos aspectos do gameplay que vão aparecer em Guerra no Pacífico. A produção mostra as espadas e lança-chamas que os jogadores poderão encontrar durante o combate entre as duas novas facções do jogo, as Forças Armadas dos Estados Unidos e o Exército Japonês Imperial.

(Imagem: EA Games/Divulgação)

Além disso, o trailer também permite visualizar alguns dos veículos que estarão presentes na atualização, como tanques M4 Sherman e aviões Zero Fighter, e alguns dos cenários que estarão disponíveis no gameplay, incluindo as ilhas Wake e Iwo Jima.

Experimente de graça!

War in the Pacific chega em Battlefield 5 como um update gratuito no dia 31 de outubro e poderá ser baixado no PS4, Xbox One e PC. Para quem não possui o jogo e quer experimentar as novidades do capítulo 5 do game, a Eletronic Arts realizará um fim de semana gratuito com todos os mapas e modos multiplayer entre os dias 1° e 4 de novembro, quando a atualização já estará disponível.

Quem já quer visitar o jogo sem custos pode aproveitar também o fim de semana gratuito que estará disponível de 24 até 27 de outubro, que possui as Operaçõs Grandiosas liberadas sem custos. Como o free weekend começa amanhã, o preload já pode ser feito em todas as plataformas em que o título está disponível por meio do site de Battlefield.

  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?