Créditos: Gaming Instincts

Xbox Scarlett: Microsoft promete grande upgrade de processador no console

Executivo disse que CPU não vai dar problema e conseguirá entregar 120 quadros por segundo

A Microsoft ainda não deu detalhes aprofundados sobre o hardware do seu console de próxima geração, o Projeto Scarlett, mas o gerente de marketing do Xbox, Aaron Greenberg, promete que a máquina vai caprichar no processador. De acordo com o executivo, o console está sendo desenvolvido para alcançar não apenas resoluções como 4K, mas também altas taxas de quadros.

"Com a próxima geração, vocês podem esperar um grande upgrade de CPU, porque queremos garantir que você não terá qualquer problema com framerate", explicou Greenberg em entrevista para a revista oficial do Xbox. "Sim, nós podemos fazer 4K, mas também queremos alcançar 120 frames por segundo."


Imagem: Microsoft/Divulgação

De acordo com Greenberg, o objetivo da Microsoft é trazer "algo que as pessoas não veem atualmente". Enquanto jogos com 120 quadros por segundo já são possíveis nos computadores, altas taxas de frames ainda não são uma realidade nos consoles.

O Xbox Scarlett foi apresentado na E3 deste ano e tem lançamento previsto para o final de 2020. Assim como o PS5, o console utilizará hardware customizado baseado em produtos AMD. No caso do processador, os dispositivos trarão edições especiais de uma CPU feita na arquitetura Zen 2, que já está disponível comercialmente com os chips Ryzen 3000.

Além de permitir que os desenvolvedores tragam games com até 120fps, o Xbox Scarlett também contará com suporte para outros recursos gráficos, como Ray Tracing e resolução 8K. Isso não quer dizer, porém, que os jogos disponíveis na plataforma vão utilizar todos esses recursos, principalmente ao mesmo tempo.

Como o lançamento do console está marcado para o fim do ano que vem, a tendência é que tenhamos mais novidades durante 2020, isso se mais informações não vazarem. No mês passado, por exemplo, um desenvolvedor de Gears 5 revelou que o Project Scarlett contará com núcleos dedicados para Ray Tracing.

Via: Gaming Bolt, WccFTech
Assuntos
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?