Créditos: In Win

In Win revela gabinete Alice com design ultra-leve e diversas opções de cores

Case pode suportar até placas ATX com 8 slots de expansão
Por Carlos Felipe Estrella 20/10/2019 19:53 | atualizado 20/10/2019 19:54 Comentários Reportar erro

A fabricante de peças mecânicas e eletromecânicas In Win anunciou o seu novo gabinete Alice, trazendo para o mercado um conceito ultra-leve e que aposta numa grande variedade de cores para atrair o usuário. A promessa da companhia é de que, apesar de seu baixo peso, o case ainda assim consegue ser durável robusto.

"Integrado em seu design estão quatro suportes de montagem colocados nos pés para proporcionar uma base estável que suporta impactos. Duas alças integradas significam que o chassis pode ser levantado e movimentado facilmente, enquanto seus materiais de peso ultra-leve e design mais alto permitem um transporte mais fácil, mesmo repleto de hardware".
Comunicado oficial da In Win

Site oficial: In Win Alice

A empresa ainda promete que o usuário encontrará um fácil processo de instalação pela frente. Isso porque o gabinete traz uma baia de placa-mãe removível feita em aço, permitindo que os principais componentes do PC sejam instalados de maneira cuidadosa por fora do gabinete. Depois de montado, o case traz um design vertical, que proporciona melhor resfriamento e até permite a instalação de três coolers montados na sua base.

Fonte: In Win

"O chassis Alice combina um quadro durável e robusto e ainda assim ultra-leve com uma variedade de cores vívidas. Para aqueles que são ousados o suficiente para aproveitar algo diferente dos gabinetes tradicionais e pesados, o chassis Alice exibe uma explosão de possibilidades de escolhas de cores possíveis e designs complexos para criar algo totalmente distinto".
Comunicado oficial da In Win

 

 
Fonte: In Win

Via: TechPowerUp
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?