PUBG Mobile terá Desert Eagle, modo com helicópteros e muito mais

Informações sobre patch vazaram em site chinês e trazem novidades interessantes para o game de Battle Royale
Por André Mello 14/10/2019 14:30 | atualizado 14/10/2019 14:32 Comentários Reportar erro

PlayerUnknown’s Battlegrounds continua tendo bastante sucesso com sua versão mobile, lançada no ano passado para Android e iOS. O game vem recebendo novidades que já estavam presentes na versão de desktop e consoles e, de acordo com um vazamento de novo patch, deve receber ainda mais conteúdo, como armas e modos de jogo.

De acordo com o site xda-Developers, informações do patch 0.15.0 de PUBG Mobile acabaram vazando na China, indicando o que os jogadores receberão na próxima atualização. O changelog do patch revelou que os jogadores poderão utilizar a arma Desert Eagle, que terá a maior velocidade de tiro e dano das pistolas do game.

A outra maior novidade é o modo Payload, que tem como base a competição comum, mas modifica os veículos que podem ser utilizados, incluindo um helicóptero e armas mais poderosas para caçar os outros jogadores.

Nesse modo, será possível encontrar um heliporto no mapa, onde estarão helicópteros prontos para sair voando por onde você quiser. Além disso, existirá uma caixa com uma super arma. Ativada por tempo, ela traz para a região em que você está armas e armaduras nível três, armas pesadas e outros suprimentos.

Você pode conferir as outras mudanças que o patch 0.15.0 deve trazer a PUBG Mobile clicando aqui (em inglês). Ainda não se sabe quando a atualização será lançada para o game de smartphones, mas acredita-se que ela seja liberada nas próximas semanas, senão nessa mesmo.

PUBG Mobile está disponível para iOS e Android.

Via: xda-Developers
Assuntos
  • Redator: André Mello

    André Mello

    André Mello já escreve sobre cultura pop e tecnologia há mais de dez anos, realizando a cobertura de eventos como a San Diego Comic-Con e BGS. Depois de passar pelas cursos de Letras Inglês na UFPR e Sistemas de Informação na UTFPR, André continua escrevendo sobre tecnologia e games, mas sem abandonar sua paixão por cinema e quadrinhos.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?