Créditos: Square Enix/Push Square

BGS 2019: Com uma gameplay diversificada, game dos Vingadores é uma grata surpresa no evento

Apesar das baixas expectativas, jogo do grupo de heróis da Marvel possuí boas qualidades para torná-lo um dos lançamentos mais interessantes de 2020
Por Pedro Henrique 13/10/2019 15:00 | atualizado 18/10/2019 15:09 Comentários Reportar erro

Após o surpreendente anúncio em 2017 do desenvolvimento de um game da franquia Vingadores feito pela Square Enix em conjunto com a Crystal Dynamics, muitas pessoas começaram a criar um hype absurdo, imaginando que o jogo refletiria o gigantismo que o universo cinematográfico da Marvel criou nesses últimos anos.

Após 2 anos de silêncio, enfim na E3 desse ano foram revelados os primeiros detalhes e imagens do jogo, que acabaram dividindo opiniões sobre os rumos que a desenvolvedora estava traçando para o game. Uma das principais reclamações, por exemplo, era sobre o visual dos personagens, que acabou ganhando melhorias após o trailer da E3, mas no fim o estrago já estava feito e hype acabou de certa forma diminuindo.

Apesar disso, o interesse das pessoas que participam da Brasil Game Show desse ano em testar o game ainda é grande, e o jogo é um dos mais concorridos para testar no estande da Playstation.

Falando sobre a demonstração jogável de Marvel's Avengers, ela é basicamente a mesma apresentada na última Gamescom 2019, onde é mostrado os acontecimentos do chamado "A-Day", da qual durante as comemorações e homenagens aos Vingadores, um ataque surpresa acontece na Golden Gate, o que obriga o grupo de heróis a entrar em ação.

Após a cutscene inicial, a gameplay se inicia com Thor. Ao primeiro momento, parecia que a jogabilidade com o Deus do Trovão era um pouco travada, mas logo mudei de opinião após o jogo demonstrar o uso do martelo para derrotar os inimigos, tornando ele um personagem muito interessante tanto para batalhas de curta quanto de longa distância.

Depois isso, passamos a controlar Tony Stark em perseguição a alguns inimigos que voavam sobre a ponte. Algo que achei muito interessante foi a possibilidade de lutar tanto no ar, principalmente se utilizando dos poderes da armadura, quanto no chão, no combate mais corpo-a-corpo.

Depois de jogar com o Homem de Ferro, o game faz com que controlemos o Hulk, e só tenho duas palavras para definir toda a gameplay com o gigante verde: HULK SMASH! Foi certamente a parte mais divertida de toda a demonstração, onde Hulk é violência e porradaria bruta, esmagando tudo que passe em sua frente com uma facilidade enorme.

Créditos na imagem - Marvel/SquareEnix

Já sobre o Capítão América, tenho a sensação de que a Crystal Dynamics tenha exagerado um pouco na forma como Steve Rogers usa demais seu escudo para derrotar os inimigos, lançando ele constantemente e tirando um pouco da essência do personagem.

A última parte do gameplay se passa com a Viúva Negra em sua luta contra o Taskmask. O principal destaque fica para a fluidez da movimentação e na agilidade da personagem, tornado a jogabilidade bastante satisfatória. No fim, apesar da baixa expectativa que se desenvolveu sobre o game, Marvel's Avengers surpreende principalmente em sua variedade no gameplay, tornando um jogo muito divertido de se jogar e que deverá agradar os fãs da franquia de heróis.

Marvel's Avengers tem lançamento marcado para 15 de maio de 2020 no Playstation 4, PC, Xbox One e no Google Stadia. Em parceria com a ASUS, você acompanha todos os detalhes da Brasil Game Show 2019 em nossas redes sociais, onde estamos transmitindo tudo sobre o mais evento de game da América Latina em nossos canais do YouTube e Facebook.

  • Redator: Pedro Henrique

    Pedro Henrique

    Formado em Informática e tecnólogo em Jogos Digitais, amante de games (principalmente os de corrida), curte uns hardwares e assim como Pink e o Cérebro, buscando o plano para dominar o mundo.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?