Créditos: Divulgação AMD

AMD anuncia RX 5500, placa que torna a microarquitetura Navi mais barata

Chip mais modesto tem foco em 1080p e notebooks

Seguindo a tradição da indústria em que assim que cai o embargo, a essa altura tudo mundo já sabia, a AMD anunciou oficialmente a RX 5500. O chip mantém a microarquitetura Navi, a mesma das RX 5700 e 5700 XT, porém tem especificações mais modestas.

Essa Navi mais barata mira gameplay na resolução 1080p, e conta com 22 unidades computacionais (a RX 5700 tem 36, a 5700 XT, 40). 

Além de buscar um segmento mais acessível, esse dimensionamento do chip Navi também está de olho no mercado mobile, buscando criar um chip gráfico de alta eficiência em consumo e aquecimento, tornando ele um forte concorrente para equipar notebooks gamers, por exemplo.

Tanto a versão desktop quanto notebook da RX 5500 vem com as 22 unidades computacionais e um total de 1408 processadores stream, com diferenças de clocks: a versão para PCs de mesa tem boost até 1845MHz, enquanto a versão móvel para em 1645MHz devido às restrições de aquecimento e consumo de computadores portáteis. A versão desktop também pode ter mais VRAM, chegando a 8GB, enquanto a versão de notebook para em 4GB, sendo que em ambas a tecnologia é  e a GDDR6 em uma interface de 128-bit.

A AMD manteve o suporte a todas as tecnologias presentes nas placas mais caras Navi, como o Radeon Image Sharpening, Anti-lag e FidelityFX.

Nos gráficos comparativos, a AMD "coloca pra brigar" a RX 5500 com a GTX 1650 da rival NVidia, tanto as versões de desktop quanto mobile. A placa também aparece na frente de modelos Polaris, como a RX 480. A RX 5500 também fará parte de bundles da empresa, com games como Ghost Reccon Breakpoint e assinaturas do Game Pass da Microsoft.

  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego colabora com a Adrenaline na produção de notícias e artigos na coluna "Vida Digital".

Qual melhor lançamento de game em outubro de 2019?