Créditos: Divulgação/Rockstar Games

GTA e outros games grandes não serão ameaçados pelos indies, afirma CEO da Take-Two

A publicadora vê jogos independentes e Triplo As como dois mercados independentes
Por Felipe Gugelmin 23/09/2019 09:20 | atualizado 23/09/2019 09:20 Comentários Reportar erro

Mesmo apostando em iniciativas como o selo Private Division, a Take-Two Interactive não acredita que os jogos independentes são ameaça às grandes produções do mercado. Em um evento da Goldman Sachs, o CEO da publicadora, Strauss Zelnick, disse que títulos do tipo “não colocam pressão nos Grand Theft Autos do mundo”. 

Zelnick completou afirmando que a cena independente não traz mudanças a games grandes, que exigem equipes complexas e são desenvolvidos durante longos períodos de tempo. O executivo também acredita que os jogos atingem dois mercados diferentes e não há competição direta entre esses tipos de produções.

Não há evidência de que esse seja o caso. De fato, é o contrário: penso que está se tornando mais complexo, mais difícil e mais caro fazer títulos realmente top de linha. Não há um negócio de competição direta entre um título modesto e orçado de forma independente e um jogo grande da linha de frente de uma grande publicadora”, afirmou Zelnick.

Animado com o mercado independente

Apesar de não ver jogos indies sendo capazes de competir com marcas como Grand Theft Auto, o CEO da Take-Two acredita bastante no mercado indie. Prova disso é a Private Division, selo da publicadora que está ajudando na criação de títulos como The Outer Wolds (da Obsidian) e Kerbal Space Program 2. Zelnick afirma que a divisão foi criada para dar espaço a criadores independentes que não necessariamente gostariam de apelar a um sistema de publicação tradicional.

Fonte da imagem - Divulgação/Rockstar Games

Ao mesmo tempo, eles encontram no Private Division um parceiro financeiro de alta qualidade com experiência na publicação. “Estamos realmente animados com os lançamentos iniciais. Então, claramente, acreditamos nesse mercado”.

Além de ter direitos sobre Grand Theft Auto e Red Dead Redemption, dois dos maiores nomes do mundo dos games, a Take-Two também possui em seu catálogo os jogos de esporte do selo 2K e títulos como Borderlands 3. Até mesmo pelo papel confortável que a publicadora ocupa no mundo triplo A, é compreensível que ela não veja os indies como uma ameaça a seus negócios — o que não impede ela de ter encontrado meio de também lucrar com eles.
 

Fonte: TweakTown
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

Já comprou novamente um mesmo game em outra plataforma?