Créditos: Divulgação/Gwen Frey

Valve pede que criadores de jogos exclusivos da Epic Games Store tenham páginas no Steam

A empresa encoraja desenvolvedores a manter seus jogos na plataforma para que eles possam ser adicionados a listas de desejos
Por Felipe Gugelmin 18/09/2019 09:48 | atualizado 18/09/2019 09:48 Comentários Reportar erro

Em um momento no qual , a Valve está fazendo um pedido inusitado a criadores. Segundo os desenvolvedores de Kine, a empresa pediu que eles mantivessem a página do jogo na Steam, mesmo diante do fato de que o game vai demorar um tempo considerável a ser oferecido por lá.

Segundo a desenvolvedora Gwen Frey, ela decidiu retirar a página do game do Steam quando o contrato de exclusividade com a Epic foi firmado. “Muito antes de eu colocar minha página na Epic Store, pedi que a Valve removesse minha página no Steam, e eles fizeram isso para mim. No entanto, eles pediram fortemente para que eu reconsiderasse”, afirmou ela nos fóruns oficiais do game.

A Valve quer que desenvolvedores que estão lançando em outras lojas tenham uma página no Steam. Eles querem que os consumidores possam deixar os jogos na lista de desejos do Steam assim que eles veem um trailer em outro lugar”, explicou Frey.

A desenvolvedora explica que voltou a entrar em contato com a Valve quando estava próxima a divulgar o trailer de Kine para ver se a posição da empresa havia mudado. “Não havia, e eles me encorajaram a colocar a página de volta ao ar”, afirmou.

Iniciativa é da própria Valve

Os comentários de Frey foram realizados em um tópico dedicado a criticá-la, nos quais os comentaristas afirmavam que um jogo que nem tem data para sair no Steam não merecia ter uma página na plataforma. “A Valve precisa trabalhar em eliminar desenvolvedores que não têm planos de vender seus games até que eles estejam próximos de oferecê-los antecipadamente em algumas semanas/meses”, afirmou um usuário.

Eu entendo de onde você está vindo, e que você pensa que está apoiando a Valve com seu comentário”, afirmou Frey em resposta. “No entanto, essa foi uma decisão deles e confio que eles saibam o que é melhor para seus consumidores”.

Aparentemente, a empresa deseja manter games associados ao Steam, mesmo que eles demorem a chegar à plataforma. Ao encorajar consumidores a deixá-los em suas listas de desejo, ela pode enviar notificações a eles quando os títulos deixarem de ser exclusivos a outras lojas, garantindo ao menos uma fatia de lucro daqueles que perderam o lançamento original ou não gostam de usar meios como a Epic Games Store.
 

Via: WFFCTech Fonte: Comunidade Steam de Kine
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

Já comprou novamente um mesmo game em outra plataforma?