Créditos: Divulgação AMD

Pela primeira vez um PC é capaz de renderizar 8K HEVC em tempo real

Para dar conta da codificação, foi preciso um AMD Epyc com 64 núcles e 128 threads
Por Diego Kerber 16/09/2019 09:28 | atualizado 16/09/2019 09:45 Comentários Reportar erro

A Beamr Imaging, empresa especializada em oferecer soluções de codificação e renderização para grupos de mídia, divulgou que foi capaz pela primeira vez de criar uma máquina capaz de lidar com codificação 8K em tempo real, ou seja, com a máquina sendo capaz de gerar os quadros em um ritmo rápido o suficiente para a execução sem travamentos.

O feito é bastante impressionante, já que além da altíssima resolução, o vídeo utilizou a tecnologia 10-bit HDR e o encoder HVEC (H.265), formato que busca entregar o mínimo de perda de qualidade e alta eficiência. 

Para alcançar os 79 quadros por segundo, a Beamr Imaging usou um conjunto de hardwares e novos softwares. O processamento ficou por conta do AMD Epyc 7742, um CPU de 64 núcleos e 128 threads, com 256MB de L3 cache e um TDP de 225W. A empresa precisou desenvolver um software capaz de usar 100% de toda essa contagem impressionante de núcleos disponíveis.

Site oficial do AMD Epyc 7742

O Epyc 7742 já havia aparecido em uma longa bateria de testes versus rivais da linha Intel Xeon, onde o modelo topo de linha da microarquitetura Rome se saiu muito bem na disputa com a concorrência. Essa classe de processadores não é voltada ao consumidor final, e sim a empresas de estruturas de TI como serviços na nuvem, com clientes como AWS, Microsoft e Oracle, além de integradores focados na montagem de máquinas de uso profissional. O custo da linha Epyc varia de US$ 1.5 mil em modelos com 24 núcleos podendo a chegar a quase US$ 7 mil nos modelos com 64 núcleos.

Enquanto as telas 8K estão apenas começando a surgir no mercado, aos poucos a demanda por conteúdo de alta resolução vai progressivamente aumentando. A demonstração tem um excelente timming para ambas as empresas, já que se aproximam os jogos olímpicos de 2020 em Tóquio, e nesse tipo de eventos é comum o investimento pesado em desenvolvimento e testes de novas tecnologias de vídeo e transmissão.

Via: Tom's Hardware
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego colabora com a Adrenaline na produção de notícias e artigos na coluna "Vida Digital".

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?