Créditos: Divulgação/Ubisoft

Assassin’s Creed deve continuar apostando em experiências grandes de mundo aberto, afirma Ubisoft

O formato permite ter várias narrativas focadas na história dentro do mesmo título
Por Felipe Gugelmin 11/09/2019 10:57 | atualizado 11/09/2019 10:57 Comentários Reportar erro

Embora desde seu primeiro capítulo Assassin’s Creed tenha alguns elementos de mundo aberto, foi somente em Origins que a série adotou um formato mais amplo em sua fórmula. Graças ao sucesso do jogo e da sequência Odyssey, a Ubisoft não pretende voltar ao formato antigo, que oferecia experiências de 15 a 20 horas mais focadas na história.

Em uma entrevista concedida à Games Industry, o CEO da desenvolvedora, Yves Guillemot, afirmou que o formato atual permite ter um “Unity dentro de um Odyssey. “Se você quer ter uma história de 15 horas, pode ter isso, mas você também pode ter outras histórias. Você vive nesse mundo e só persegue o que quer. Você tem uma experiência, muitas parecidas com Unity”.

Fonte da imagem - Divulgação/Ubisoft

Guillemot afirmou que o modelo de mundo aberto é sustentável e que, a cada ano, a empresa vê sua base de jogadores crescer. Graças a aberturas de novos mercados, a Ubisoft se vê capaz de aumentar seus investimentos, já que seus retornos têm aumentado e podem ser distribuídos por um intervalo maior de tempo.

Nossos times não param após o lançamento do game. Temos times enormes que continuam a criar para os jogadores ficarem nesses universos em que adoram estar. O fato que temos alguns jogadores comprando itens nesses games está dando a nossos times a chance de continuar criando conteúdo extra”.

Atualizações constantes

Embora tenha finalizado seus DLCs pagos, Assassin’s Creed Odyssey continua recebendo atualizações. Em setembro, o game ganhou sua Discovery Tour, um modo de exploração não agressivo voltado a trazer informações históricas sobre os locais, itens e personagens que aparecem em seu mundo.

O game também recebeu melhorias para seu Modo de Criação de Histórias, uma nova seleção de itens e a última parte dos Contos Perdidos da Grécia. Conforme anunciado anteriormente, a série não terá um novo capítulo este ano, mas deve retornar em 2020, pronta para fazer sua estreia na nova geração de consoles.
 

Via: WCCFTech Fonte: Games Industry
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

Qual vai ser o melhor lançamento de setembro de 2019?