Créditos: Bluedrake42

Veja os incríveis efeitos de destruição num game sendo criado usando voxels e ray tracing

Desenvolvedor independente "brinca" com as possibilidades das tecnologias e impressiona
Por João Gabriel Nogueira 26/08/2019 12:58 | atualizado 26/08/2019 12:58 Comentários Reportar erro

Um projeto de game que não tem nem um nome ainda está chamando a atenção no YouTube por causa de seus incríveis efeitos de física e de destruição. O projeto foi descoberto pelo youtuber Bluedrake42, que criou um vídeo mostrando as incríveis possibilidades do projeto, mesmo em suas fases tão iniciais:

O que podemos ver no vídeo, conforme explicado por BD42, são as impressionantes possibilidades oferecidas por duas tecnologias que ainda não vemos na maioria dos games: o já famoso ray tracing e os voxels, que são basicamente pixels cúbicos, em três dimensões.

Usando as possibilidades trazidas por esses recursos, Dennis Gustafsson, responsável pelo projeto, criou uma simulação em que os objetos não apenas destruídos, eles podem também entortar dependendo de que material são feitos. A fumaça também se mostrou um elemento surpreendente, invadindo os ambientes e escapando por buracos criados pelo jogador ao destruir as paredes, se comportando de maneira "viva" e realista.

O projeto também mostra um pouco de suas capacidades de inteligência artificial, que interage com o cenário obedecendo as mudanças que acontecem conforme ele é destruído.

Quem quiser testar o game em casa, no entanto, ainda vai ter que esperar. Gustafsson se pronunciou em sua conta do Twitter sobre a atual situação do projeto, dizendo que um dia ele vai para a Steam, mas ainda não no momento. Ele também informou o hardware que pode ser necessário para rodar o jogo e fez questão de dizer que ele não usa RTX (Nvidia).

"Eu posso comprar/baixar isso? Não, ainda não, mas estou criando uma página na Steam e planejando um early access assim que ele estiver pronto pra isso. Eu vou definitivamente postar aqui quando ele estiver disponível."

"Que hardware é necessário para rodar este jogo? Ele atualmente roda bem (60 fps) numa GTX 1070 e uma máquina quad-core. Eu posso acrescentar um modo de menos detalhes para permitir uma GTX 1060 também, mas qualquer coisa abaixo disso não é realmente realístico. Ele usa ray tracing, mas não usa RTX."

Fonte: TweakTown
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?