Créditos: PUBG Nations Cup

Rússia vence a PUBG Nations Cup em Seul - Brasil fica na 13ª posição

Competição contou com as seleções de 16 países com um total de US$ 500.000 em prêmios

O último fim de semana marcou a PUBG Nations Cup, a "copa de PUBG" que aconteceu em Seul, capital da Coreia do Sul. As seleções de 16 países diferentes se enfrentaram em partidas que começaram na sexta-feira e terminaram no domingo, dia 11, quando a Rússia emergiu como campeã da copa. O Brasil participou da competição também, terminando na 13ª posição.

Foram distribuídos US$ 500.000 em prêmios para os participantes, o que dá mais ou menos R$ 1,8 milhão na cotação atual. A favorita para a competição era a Coreia do Sul que, além de jogar em casa, estava tendo um desempenho dominante no torneio, até que a Rússia fez sua ascensão e conseguiu bater a equipe em pontos até o último jogo, terminando como campeã, enquanto os anfitriões ficaram como vice.

A equipe brasileira, composta por jogadores da RED Canids Kalunga e da FURIA Esports, foi treinada por Lucas "Nananga" Strada, da Black Dragon e-Sports. Strada destacou o esforço dos jogadores que representavam nosso país, mas acredita que a equipe desempenhou abaixo do esperado, fazendo a seguinte declaração:

"Nós podíamos ter ficado no top 10 tranquilamente. Foi um aprendizado. Eu acho que o pessoal sentiu um pouco a inexperiência e deixamos de fazer pontos em partidas que poderíamos ter pontuado mais. Mas todo mundo fez o melhor e o possível. Mostramos que conseguimos trocar com o pessoal daqui."

A equipe e o técnico do Brasil foram escolhidos através de votação online por aqui. O ranking final da PUBG Nations Cup, com o valor de seus prêmios, foi o seguinte:

1º - Rússia - 127 pontos / 78 abates - US$ 100.000
2º - Coreia do Sul - 122 pontos / 79 abates - US$ 58.000
3º - Canadá - 106 pontos / 61 abates - US$ 50.000
4º - Vietnã - 103 pontos / 62 abates - US$ 44.000
5º - Alemanha - 102 pontos / 56 abates - US$ 38.000
6º - Tailândia - 96 pontos / 67 abates - US$ 34.000
7º - Taipé Chinesa - 92 pontos / 61 abates - US$ 30.000
8º - China - 87 pontos / 61 abates - US$ 26.000
9º - Argentina - 79 pontos / 55 abates - US$ 22.000
10º - Estados Unidos - 69 pontos / 47 abates - US$ 20.000
11º - Japão - 69 pontos / 42 abates - US$ 18.000
12º - Turquia - 68 pontos / 43 abates - US$ 16.000
13º - Brasil - 62 pontos / 43 abates - US$ 14.000
14º - Austrália - 61 pontos / 36 abates - US$ 12.000
15º - Reino Unido - 57 pontos / 39 abates - US$ 10.000
16º - Finlândia - 56 pontos / 44 abates - US$ 8.000

  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Quem você acha que merece o GOTY do The Game Awards?