Créditos: Unoeste

Game educativo Slimical vence etapa regional da Copa do Mundo de Game Jam

Jogo tem como objetivo introduzir jogadores ao mundo da química

O game educativo do gênero de puzzle do Lutrina Estúdios, Slimical, foi o vencedor da etapa local da 3ª Copa do Mundo de Desenvolvimento de Jogos, a Game Jam+. A competição aconteceu na cidade de Presidente Prudente, no estado de São Paulo, na Faculdade de Informática (Fipp) da Unoeste. Ao mesmo tempo, disputas similares aconteceram em outros nove países e 38 cidades de cinco continentes.

“Na Game Jam Plus os participantes precisaram pensar e elaborar um plano de negócios e de marketing para essa apresentação. Essa prática foi importante, pois teve como foco simular o que o mercado espera de um desenvolvedor que está em busca de um investimento”
Danilo Filitto, professor da Fipp

Em Slimical, você toma controle de um experimento de laboratório que ganha vida e precisa escapar de uma ilha. É necessário resolver enigmas através dos níveis ao absorver elementos e usá-los ao seu favor para superar os desafios.

equipe de desenvolvimento do jogo slimical na game jam+
Equipe de sete pessoas foi responsável por desenvolver game em apenas dois dias (Fonte: Unoeste)

“Foi sensacional ver que os programadores de jogos da região de Presidente Prudente tiveram a chance de participar de um evento tão grandioso como a Game Jam+. Dentro do proposto, as equipes se esforçaram bastante para apresentar um produto que pudesse ter todos os elementos obrigatórios e, ao mesmo tempo, tivesse perspectivas de crescimento posterior, com mais tempo de desenvolvimento. Os outros times também apresentaram ótimas ideias e jogos com potencial".
Edson Godoy de Souza, curador do Museu Virtual Brasileiro dos Videogames (VGDB)

No jogo vencedor, que foi desenvolvido por uma equipe de sete pessoas, os jogadores vão aprendendo sobre os elementos da tabela periódica conforme batem as missões. Entre os membros do Lutrina Estúdios, estão um aluno de ciência da computação, cinco estudantes de Jogos Digitais e um bacharel em sistemas de informação. O chefe de design do projeto foi Paulo Cesar Verati Cremon, um dos alunos de Jogos Digitais.

“Visualizar essa competição em Presidente Prudente representa um avanço para a região, pois iniciativas desse tipo são mais frequentes em grandes centros. Fiquei feliz em ter a oportunidade de atuar como mentor e auxiliar na concretização dos games”
Matheus Correia Meneguette, Bacharel em Jogos Digitais pela PUC e ex-desenvolvedor da DrinkBox Studios

  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Half-Life veio, e é em realidade virtual. Agora embala os óculos de realidade virtual?