Créditos: Techspot

Samsung começa produção em massa do primeiro SSD SATA com V-NAND 3D de 6ª geração

Segundo a Samsung, ele tem a taxa de transferência de dados mais rápida do setor

A Samsung começou a produção em massa dos primeiros SSDs SATA de 250GB que apresentam a sexta geração de memória V-NAND 3D de 256Gb com mais de 100 layers. A nova geração chega pouco mais de um ano depois da anterior e, segundo a empresa, tem a taxa de transferência de dados mais rápida do setor.

A V-NAND 3D 6Gen oferece cerca de 40% mais células que a quinta geração. A sul-coreana também incorporou um design de circuito otimizado para velocidade que possibilita tempos de latência menores que 0.45 milissegundos para gravação e 0.045 milissegundos para leitura. Isso representa uma melhoria de desempenho superior a 10% e redução de consumo de energia maior que 15%.

Além disso, o número de channel holes necessários para criar a densidade de chips de 256Gb diminuiu de mais de 930 milhões para 670 milhões, resultando em dispositivos menores, menos etapas no processo de construção e uma melhoria superior a 20% na produtividade de fabricação. Isso, no futuro, pode permitir a fabricação de chips 3D V-NAND com mais de 300 camadas.

"Com ciclos de desenvolvimento mais rápidos para os produtos V-NAND de próxima geração, planejamos expandir rapidamente os mercados para nossas soluções de 512 Gb V-NAND de alta velocidade e alta capacidade." - Kye Hyun Kyung, Vice-presidente executivo de Produto e Desenvolvimento de Soluções da Samsung.

A Samsung planeja aproveitar os recursos de alta velocidade e baixo consumo para não só ampliar o alcance da V-NAND 3D em áreas como dispositivos móveis  e servidores corporativos, mas também no mercado automotivo. Os planos à curto prazo incluem SSDs V-NAND 3D de 512Gb até o final deste ano e a expansão das soluções V-NAND com maior velocidade e capacidade no campus de Pyeongtaek, Coréia do Sul, no início do ano que vem.

Via: TechPowerUp
  • Redator: Saori Almeida

    Saori Almeida

    Saori Almeida (ou Sakura, Naomi e no pior dos casos Sônia), veio do nem tão interior do Rio Grande do Sul para estudar Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e ver no que dava. Como gosta de dizer, "com o nome, veio o pacote": adora animes, mangás, doramas e cultura asiática no geral (não só entretenimento, ok?). O interesse por tecnologia e games existia desde pequena e aumenta a cada dia na redação do Adrenaline e Mundo Conectado.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?