Créditos: AMD

AMD trabalha no AGESA ComboAM4 1.0.0.3ABB para corrigir erros em Ryzen 3000

Entre outras coisas, bugs impediam usuários de jogar Destiny 2

A AMD está trabalhando atualização para a versão ComboAM4 1.0.0.3ABB do AGESA, que irá trazer uma série de correções de bugs para melhorar a vida dos donos de processadores Ryzen de 3ª geração. Entre diversos problemas, os usuários estavam impossibilitados de jogar o game Destiny 2 em máquinas equipadas pelas novas CPUs da AMD.

"O Driver de Chipset 1.07.29 também contém uma alternativa beta que soluciona os problemas de inicialização da aplicação Destiny 2. Isso irá garantir que jogadores de Destiny 2 possam voltar ao game de maneira imediata".
Comunicado oficial da AMD

ANÁLISE: AMD Ryzen 7 3700X

A empresa já havia tentado corrigir esse bug anteriormente através de uma atualização para o microcódigo AGESA para processadores através do update ComboAM4 1.0.0.3ABA. Apesar disso, essa build acabou se mostrando muito cheia de bugs e foi retirada de circulação. A promessa é de que a próxima versão trará uma solução mais abrangente para o problema.

Site oficial: processadores AMD Ryzen

"Nós diagnosticamos e resolvermos um problemas que fazia com que ferramentas de monitoramento relatassem altas tensões e velocidades de clock com processadores AMD Ryzen de 3ª geração e com o Update de maio de 2019 do Windows 10. Nossa análise indica que certas peças de software populares, que são amplamente consideradas aplicações de baixa carga de CPU, frenquentemente promoviam requisições indiretas para maior desempenho e isso levou para o comportamento anômalo observado com altas tensões e clocks em utilidades de monitoramento".
Comunicado oficial da AMD

Via: AMD, TechPowerUp
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?