Créditos: Blizzard

Próximo heroi de Overwatch é um cientista louco chamado Sigma

Blizzard divulgou trailer oficial do personagem, que controla a gravidade

A desenvolvedora Blizzard Entertainment apresentou o próximo herói do jogo multiplayer de tiro em primeira pessoa, Overwatch: o cientista louco Sigma. A empresa ainda publicou um trailer de divulgação do personagem, que terá poderes de controlar a gravidade.

Na lore do jogo, o personagem é um astrofísico excêntrico que desenvolve um trabalho prático inovador que promete mudar o universo como ele é conhecido, possivelmente explodindo-o.

Site oficial: Overwatch

 

O trailer não traz muitos detalhes adicionais sobre o passo de Sigma ou sobre como ele acabou no infeliz estado psicológico e fisiológico em que ele aparecerá no jogo. O site Shacknews traz alguns insights sobre o personagem, incluindo que ele costumava ser um cientista gentil e brilhante que ganhou o poder de manipular a gravidade quando um experimento seu deu terrivelmente errado.

Análise: Overwatch

Por causa do acidente, porém, ele acabou sendo preso numa instalação secreta do governo. Só que ele acaba sendo libertado pelo grupo terrorista Talon. A Blizzard ainda não divulgou que habilidades Sigma terá dentro do jogo em si e nem quando o cientista louco chegará ao game. Mas, de acordo com o site PC Gamer, é provável que isso aconteça muito em breve.

"O 31º herói de Overatch, Sigma, é um cientista gentil e brilhante que foi mudado de maneira irreparável por um experimento que deu errado, ganhando a habilidade de manipular a gravidade no processo. Durante esse trágico experimento, Sigma sofreu sério dano psicológico, sendo considerado uma ameaça para a humanidade e preso por anos numa instalação secreta do governo. Ele foi eventualmente libertado pela Talon e usado como uma arma viva".
Descrição oficial do personagem Signa

Via: PC Gamer, Shacknews
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Quem você acha que merece o GOTY do The Game Awards?