Epic Games concede US$1,2 milhão à Blender Foundation pelo Epic MegaGrants

A Epic Games deu US$1,2 milhão para a Blender Foundation como parte do seu programa Epic MegaGrants. A quantia será investida na promoção do Blender, um conjunto de criação 3D gratuito e de código aberto com uma gama de ferramentas para capacitar pessoas a criarem gráficos, animações, efeitos especiais e jogos, tudo em três dimensões.

O programa vai contribuir para a Iniciativa Profissionalizante de Desenvolvimento Blender (Blender's Professionalizing Blender Development Initiative)  e será colocado em ação gradualmente pelos próximos três anos. 

"Ter a Epic Games conosco é um marco importante para o Blender. Graças à concessão, nós faremos um investimento significativo na nossa organização de projeto para melhorar o onboarding, coordenação e melhores práticas de qualidade de código."

- Ton Roosendaal, fundador e presidente da Blender Foundation

O Epic MegaGrants tem como objetivo ajudar estudantes, criadores de mídia, desenvolvedores de jogos entre outros a  desenvolver seus trabalhos com o Unreal Engine da Epic ou ainda aprimorar recursos de código aberto para a comunidade de gráfico 3D.  A quantia total que a desenvolvedora de jogos pretende investir nesse projeto soma US$100 milhões

"Recursos, bibliotecas e plataformas abertas são essenciais para o futuro do ecossistema de conteúdo digital. O Blender é um recurso duradouro dentro da comunidade artística e nosso objetivo é garantir seu avanço para o benefício de todos os criadores."

- Tim Sweeney, fundador e CEO da Epic Games.

O Unreal Engine é um kit de desenvolvimento que, segundo a Epic, "traz jogos de alta qualidade para  PC, console, mobile, AR [Realidade Aumentada] e VR [Realidade Virtual]". Os usuários também podem usá-lo para " visualização fotorrealista, design interativo de produtos, filmes, produção virtual, transmissão de reality shows mistos e entretenimento animado". 

Epic Games faz demonstração de curta-metragem com ray tracing na Unreal Engine 4.22


Crédito das imagens: TechPowerUp | Dexerto

  • Redator: Saori Almeida

    Saori Almeida

    Saori Almeida (ou Sakura, Naomi e no pior dos casos Sônia), veio do nem tão interior do Rio Grande do Sul para estudar Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e ver no que dava. Como gosta de dizer, "com o nome, veio o pacote": adora animes, mangás, doramas e cultura asiática no geral (não só entretenimento, ok?). O interesse por tecnologia e games existia desde pequena e aumenta a cada dia na redação do Adrenaline e Mundo Conectado.

Você se importa com a temperatura da série RX 5700?