Google atualiza página de perguntas frequentes sobre o Stadia com novas informações

Recentemente, a lista de perguntas frequentes sobre o Google Stadia, na página de FAQ da Google, foi atualizada, dando respostas a algumas questões sobre o Controller da Founder's Edition e também o que acontece com o jogo se o desenvolvedor resolver parar de dar o suporte. Além disso, revelou que os smartphone Pixel 3 também vão poder ser usados para jogar.  

Stadia chega por US$9,99 mensais com games gratuitos e 4K 60fps em HDR

Alguns usuários estavam questionando muito sobre os suportes do Controller, que está sendo disponibilizado pela Google na pré-venda. A principal dúvida era se ele vai funcionar para outras plataformas ou se vai poder ser usado exclusivamente para jogos Stadia. A empresa afirma que o desenvolvimento do controle foi pensado para a sua plataforma, mas isso não quer dizer que ele não possa funcionar em outras.

"Nós projetamos o Stadia Controller para funcionar melhor em Stadia. Quando conectado via cabo USB, o Stadia Controller atua como um controlador HID USB padrão e pode funcionar em outras plataformas, dependendo do jogo e da configuração." - FAQ Google

Outra preocupação dos futuros usuários é sobre a falta de suporte a um jogo, quando se compra uma unidade física do game ela é sua, independente do rumo da empresa, mas se tratando de streaming, essa segurança não é a mesma. Segundo a Google, mesmo que alguma desenvolvedora pare de dar suporte ao seu jogo para a plataforma, quem já adquiriu o game não vai ser prejudicado e vai poder continuar jogando normalmente. Apesar disso, o jogo será removido, para que outras pessoas não consigam comprar.

"Depois de comprar o jogo, você tem o direito de jogá-lo. No futuro, é possível que alguns jogos não estejam mais disponíveis para novas compras, mas os jogadores existentes ainda poderão jogar o jogo. Fora de circunstâncias imprevistas, a Stadia terá como objetivo manter qualquer título previamente comprado disponível." - FAQ Google

Apesar do controle ter acesso a Bluetooth LE, ele só é utilizado para emparelhar com um dispositivo e configurar para começar o jogo. Após ele ser configurado a conexão é feita diretamente com o Wi-Fi, isso quer dizer que não é possível usar o Bluetooth diretamente em um dispositivo para jogar. Além do WI-Fi, vai ser possível conectar o controle com USB-C, em dispositivos compatíveis.

Google Stadia deve consumir 1 TB de dados em 65 horas rodando jogos em 4K

A Google também informa que terá conteúdos multiplayer que vão poder ser jogados. "Sim, haverá conteúdo para vários jogadores e estamos trabalhando com mais editores e desenvolvedores todos os dias para levar os melhores jogos para a Stadia.". Além disso, revelou que não somente os tablets com acesso ao Chrome OS vão poder ser usados para jogar, como também todos os smartphones Google Pixel 3 e 3a vão ser compatíveis com o Stadia. 

A empresa diz que o endereço de e-mail previamente cadastrado no Stadia não vai poder ser alterado."Você não poderá alterar o endereço de e-mail e a Conta do Google associada ao seu perfil Stadia." Para ver todas as informações divulgadas pela Google em seu FAQ, clique aqui.

O Google Stadia vai estar disponível em novembro de 2019, para 14 países, sendo eles: Bélgica, Finlândia, Canadá, Dinamarca, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Holanda, Noruega, Espanha, Suécia, Reino Unido e Estados Unidos. Não será possível jogar em outros lugares, para as pessoas que moram nesses países a Google está disponibilizando um pacote Chamado Founder's Edition, que inclui vários produtos, pelo valor de US$129. 


Imagens de divulgação Google

  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

Qual game da TGS você está mais ansioso?