Microsoft pode lançar set-top-box do Xbox baseado no Project xCloud

A Microsoft pode lançar um set-top-box da linha Xbox baseado no sistema de streaming Project xCloud, que chegaria com um projeto bastante leve e com especificações modestas, assim como um custo bastante acessível. Ou seja, trata-se de um console que não é capaz de renderizar jogos por conta própria, mas sim serve como um hub para acessar os títulos disponíveis através de streaming pelo sistema de nuvem da Microsoft.

Microsoft: Project xCloud

Algum tempo atrás, diversos rumores relacionados ao set-top-box da Microsoft foram publicados, mas informações sobre o console focado em streaming se tornaram escassas com o tempo. Fazia alguns meses desde a última notícia publicada sobre o assunto, mas isso muda hoje. Brad Sams, que possui fontes bastante confiáveis dentro da Microsoft, disse que o sistema ainda está em desenvolvimento.

Microsoft xCloud é o serviço de streaming de games do Xbox One

x

De acordo com o site Tweak Towtpn, os detalhes sobre o sistema ainda são bastante escassos. Não se sabe sequer se a Microsoft irá optar por um stick HDMI, um dongle ou até um formato clássico de set-top-box em caixa.

Mesmo assim, executivos da Microsoft gostariam de ter um hardware para suportar o lançamento do Project xCloud, que acontecerá ainda em 2019. Quando isso rolar, os gamers poderão promover gratuitamente o streaming de jogos em dispositivos móveis via um Xbox One — ou escolher pagar uma assinatura definida para usar os servidores da Microsoft para a transmissão dos games.

Fonte da imagem: Microsoft.

  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?