Brasil conquista 2º lugar geral na WCG 2010

Após quatro dias de disputas, a delegação brasileira retorna ao país com uma medalha de ouro e outra de prata no World Cyber Games 2010 (WCG), o maior campeonato de jogos eletrônicos do mundo. O desempenho põe o Brasil na 2ª colocação no ranking geral da competição, realizada entre os dias 30 de setembro e 4 de outubro em Los Angeles, nos Estados Unidos.


Delegação brasileira e os campeões de "Carom 3D"


Os vencedores brasileiros foram Fernando Rogoski, 24 (São José – SC) e FÁbio da Fonseca, 25 (Rio de Janeiro – RJ), ouro e prata na categoria "Carom 3D" (jogo de bilhar). Esta é a primeira vez que existe um confronto brasileiro pela disputa do ouro na final mundial do WCG.

"Nossa delegação era uma das mais fortes e o torneio foi decidido nos detalhes", disse Rodrigo Moretz, Gerente de Marketing Digital da Samsung, patrocinador do evento. Segundo o executivo, FÁbio Jardim, campeão mundial de "Guitar Hero" do ano passado, era um dos favoritos, mas acabou em terceiro ainda na fase de grupos, tirando o jogador da disputa pelo bicampeonato.

Samuel Laje, de "FIFA 10", foi desclassificado mesmo vencendo duas partidas e empatando uma. JÁ o time de "Counter-Strike" por pouco não trouxe uma medalha de bronze. "Destacou-se o espírito de companheirismo que os jogadores demonstraram ao apoiar uns aos outros, reforçando os atributos mais significativos do WCG: integração, amizade e respeito", conclui Moretz".



Dados extras

O grande vencedor do WCG 2010 foi a Coréia do Sul, com três medalhas de ouro, duas de prata e três de bronze. Reino Unido e Alemanha obtiveram o mesmo feito que o Brasil e também figuram empatados na segunda posição.

No aniversÁrio de 10 anos da competição, a final mundial do WCG foi o evento com maior número de espectadores entre todas as edições: cerca de 32 mil pessoas acompanharam as partidas, além de outros milhares de internautas com acesso aos jogos ao vivo através do endereço online da competição.


As partidas também foram transmitidas por TV para oito países, incluindo China, Alemanha e Rússia. Aproximadamente 400 jornalistas de todo o mundo cobriram as partidas e os 450 jogadores de 58 nacionalidades na briga pelo prêmio de 250 mil dólares em dinheiro e produtos.

Assuntos
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Com esses adiamentos dos games...

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.