Netflix divulga novas imagens oficiais da série baseada em The Witcher

As primeiras informações da série Live Action da Netflix baseada no universo de The Witcher, popularizado pelos jogos da CD Projekt Red, saíram pouco tempo depois do anúncio oficial do desenvolvimento da produção, quando o ator Henry Cavill, conhecido por interpretar o atual Superman no universo cinematográfico da DC Comics, divulgou um curto teaser trajando as vestimentas de Geralt de Rívia, protagonista da saga. 

Mesmo sendo um vídeo bastante curto o teaser conseguiu dividir os fãs de The Witcher por conta do visual um tanto exótico do Geralt - com uma peruca deveras… estranha. Entretanto, a Netflix divulgou nesta semana novas fotos oficiais da produção da série e os resultados são um pouco mais animadores. Confira: 

As imagens divulgadas no Instagram dedicado a série mostram não só o visual do Geralt como também da feiticeira Yennefer de Vengerberg, interpretada pela atriz Anya Cholatra, e a aprendiz de witcher, Ciri - vivida pela atriz Freya Allan. Os pôsteres promocionais também remetem ao relançamento mais recente dos livros escritos pelo polonês Andrzej Sapkowski, criador de The Witcher, que saíram no Brasil pela editora Martins Fontes, em 2015. 

Vale lembrar que a adaptação feita pela Netflix será baseada nos livros e não nos games, então devemos esperar algumas mudanças quanto às habilidades dos personagens e até mesmo o enredo - levando em consideração que os dois primeiros livros são divididos mais em histórias fechadas e, somente a partir do terceiro, a trama se torna um romance literário. Sendo assim, é possível que vejamos o primeiro encontro entre Geralt e Yennefer, e até sejamos apresentados ao passado da Ciri, a criança de Sangue Antigo destinada a encontrar o Bruxo de cabelos brancos. 

Mesmo deixando a galera um pouco mais animada para ver a série, as imagens também deixaram algumas pontas soltas, como a única espada que o Geralt carrega, provavelmente a espada para matar humanos. Isso deve ser explicado no decorrer dos seus oito episódios que foram gravados no leste e centro da Europa, em países como a Polônia, terra do criador de Wiedźmin (The Witcher). 

Para quem está animado esperando pela série da Netflix, é indicado a leitura dos livros que podem ser encontrados facilmente em lojas virtuais e físicas de livrarias. Neste ano foi publicado o oitavo livro da saga e em breve deve chegar ao Brasil também. Agora se quiser chorar um pouco, pode ver também a primeira adaptação televisiva na série Wiedźmin, de 2002, e o filme homônimo de 2001. 

Pensando melhor, fique só nos games mesmo. Aproveita aí para jogar e conferir a nossa análise de The Witcher 3: Wild Hunt.


Créditos de imagem: Netflix, Deviante

Assuntos
  • Redator: Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro virou jornalista pelo amor aos games e o desejo de escrever seus próprios roteiros para jogos com nota máxima no Metacritic. Apesar de ter atuado como designer e desenvolvedor de jogos durante dois anos, a paixão pela redação o trouxe para "os bastidores", onde está adquirindo experiência e aprendizado nos mais diversos segmentos da tecnologia. E é dessa forma que pretende se tornar especialista na área e descobrir o que fazer quando os robôs começarem a dominar o mundo.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?