Conheça Flappy Royale, a ressurreição de Flappy Bird com Battle Royale que ninguém pediu

Muito antes da febre do Battle Royale, pessoas de todas as idades estavam viciadas em Flappy Bird. O game teve seu "boom" de sucesso há mais de cinco anos, antes de ser tirado do ar pelo seu próprio criador. Alguns clones do game existem até hoje, mas os criadores Orta Therox, Erm Lazer-Walker e Zach Gage querem conseguir ressuscitar o amor pela frustração com o lançamento de Flappy Royale.

Como fica claro pelo nome, o jogo é mais ou menos uma mistura de Flappy Bird com Battle Royale. Na parte da jogabilidade é basicamente Flappy Bird de novo, em que o jogador toca (ou clica) para dar pequenos pulinhos e tenta avançar assim pelos canos que vão aparecendo. O "diferencial" aqui é que você faz isso enquanto observa a sombra de mais 99 pássaros, e muitos deles são outros humanos.

Há bots no jogo, como seria de se esperar, mas quem tem curtido o jogo defende que ele fica mais interessante quando você pode acompanhar a falha de outros jogadores, humanos ou não. É uma frustração compartilhada e, talvez, um senso de vitória maior conforme você avança no jogo e vê tantos outros passarinhos ficando pra trás.

Para tentar dar uma "incrementada" no game e ajudar a distinguir seu pássaro dos outros, há uma tela de customização. Seu personagem nem precisa ser um pássaro, na verdade. E Flappy Royale conta também com um placar de líderes, como seria de se esperar.

O jogo ainda está em sua fase beta, mas já pode ser jogado gratuitamente em dispositivos Android ou iOS. Também dá pra jogar pelo navegador, clicando neste link.

Convidamos os usuários que decidirem se aventurar nessa bela maneira de ocupar o tempo do fim de semana a compartilharem nos comentários suas melhores pontuações. 

Fonte: Flappy Royale
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?