Jogos não serão mais baratos no Google Stadia, mesmo com assinatura do Pro

"Eu não sei porque seria mais barato." - Foi assim que Phil Harrison, chefe do Stadia na Google, respondeu quando foi perguntando se os games seriam mais baratos ou teriam algum desconto na plataforma. O serviço de streaming da gigante da tecnologia estreia em novembro e, apesar de ter se promovido nos últimos tempos como um "Netflix de games", não é bem assim que ele funciona. 

Interessados podem acessar o Google Stadia de duas formas: pagando pela assinatura Pro ou apenas se registrando numa assinatura gratuita. Quem optar pela gratuidade pode escolher em quais jogos quer investir e comprar cada um dos que interessar. Quem pagar pelo Pro vai ter acesso a Destiny 2 e não se sabe mais quais outros jogos no pacote, todo o resto vai ter que ser pago do mesmo jeito da assinatura gratuita, e pelo mesmo preço.

Harrison foi confrontado em sua resposta, afinal a compra de um jogo pelo Stadia não dá a posse de uma mídia física ou para download, apenas pelo direito de streaming do jogo. O executivo esclareceu então a visão da Google para o valor de investir em games no Stadia:

"O valor que você consegue do jogo no Stadia significa que você pode jogá-lo em qualquer tela na sua vida - TV, PC, notebook, tablet, celular. Eu acho que isso vai ser muito valioso para os jogadores. (...) Em teoria, a versão Stadia de um game vai ser a com a melhor qualidade de inovação e sofisticação possíveis na parte da engine do jogo."

O pessoal da Google não pode, no entanto, confirmar ainda quanto os jogos vão custar. Os porta-vozes têm passado essa bola mais para as produtoras dos games, dizendo que vai depender muito delas para o preço dos games na plataforma.

Mas, pela resposta do executivo, é de se esperar exatamente a mesma faixa de preço no Stadia. E, para assinantes do Pro, além de Destiny 2 fica difícil saber quais serão as vantagens e os games que eles terão acesso sem ter que pagar mais ainda.


Créditos de imagens: Google

Fonte: Eurogamer
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Qual vai ser o melhor lançamento de setembro de 2019?