Switch Mini chegando? Nintendo aumenta compra de chips e aquece rumores de novo console

A fabricante de memórias Macronix estava preparada para uma queda de pelo menos 10% na sua receita mensal por causa dos problemas diplomáticos da Huawei, para quem fornece chips, mas conseguiu ver seus números crescerem em maio graças a uma surpresa: sua principal cliente, a Nintendo, aumentou a demanda de produtos, supostamente por causa do novo console Switch Mini.

Segundo informa o Taipei Times, a Macronix fechou o último mês com receita de US$ 86,27 milhões, cerca de 30% mais do que em abril, e boa parte da "culpa" para isso é da Nintendo. Segundo a fabricante, a gigante japonesa dos games "superou as expectativas nos últimos dois meses" com seus pedidos. "A demanda foi maior do que esperávamos", revelou Miin Wu, chairman da empresa de chips.


Imagem: Reprodução/CNET

De acordo com a Macronix, a Nintendo aumentou a sua demanda por memórias ROM, sem especificar qual tipo de chip a empresa está utilizando ou a finalidade. Apesar disso, o crescimento nos pedidos é um grande indicativo de que a empresa japonesa está mesmo trabalhando em um novo console.

Nos últimos meses, os rumores sobre uma nova edição do Nintendo Switch se tornaram cada vez mais frequentes. Segundo as especulações, a fabricante deve apresentar em breve o Switch Mini, uma edição mais resistente, com joy-cons integrados e experiência focada no gameplay portátil de seu console atual.

Na semana passada, uma fabricante asiática de acessórios chamada HonSon Group até apresentou uma linha de acessórios inspirada no suposto Switch Mini, mas sem o consentimento da Nintendo. Além disso, uma loja na Espanha também listou acessórios voltados para o suposto console, de acordo com o VG247.


Suposto design do Nintendo Switch Mini. Imagem: Reprodução/HonSon Group

Além do Switch Mini, as expectativas do mercado são de que a Nintendo também lance ainda este ano uma versão "Pro" do seu console atual, trazendo mais poder para rodar games pesados quando ligado na TV. A fabricante ainda não comentou oficialmente sobre o assunto, mas a tendência é que a chegada dos novos produtos aumente a venda de hardwares da companhia, o que vai animar os acionistas da firma japonesa.

Via: Taipei Times
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Meu nome é Mateus Mognon. Depois de viver 16 anos sem internet no interior de Lagoa Vermelha-RS, eu vim até Florianópolis com apenas um objetivo: sobreviver. Para isso, eu comecei a estudar Jornalismo na UFSC e trabalhar no Adrenaline, onde produzo conteúdos e notícias da forma mais ágil possível. Com pouco salário e muito trabalho, eu sou... O Antigo Estagiário (agora colaborador!)