Corsair divulga preços do SSD M.2 MP600 com PCIe Gen 4

A Corsair anunciou os preços do seu novo SSD M.2 MP600, que é um dos primeiros do mercado a chegar com suporte para a tecnologia de interface PCIe Gen 4. Conforme explica o site TechPowerUp, está se configurando um cenário onde as fabricantes irão cobrar um valor extra considerável para as unidades de armazenamento com o novo recurso, em comparação com os modelos antigos que traziam PCIe Gen 3.

A série MP600 de SSDs foi apresentada pela Corsair durante o período da Computex 2019, apesar do modelo não estar disponível para demonstração na feira. Trata-se de uma linha de SSDs high-end com suporte para PCI-Express 4.0 x4 (64Gbps), que num primeiro momento só será compatível com placas-mãe baseadas na plataforma AMD “Valhala”.

A promessa é de um desempenho diferente que qualquer coisa que já tenha sido vista antes, com velocidades de leitura sequencial de até 4.950MB/s. A linha Corsair MP600 poderá ser adquirida pelos consumidores mo dia 7 de julho, mesma data em que sairão as placas-mãe baseadas no chipset AMD X570 e os processadores AMD Ryzen 3000 “Matisse”.

Antes do lançamento oficial, porém, o site francês Cowcotland obteve os preços que a fabricante norte-americana irá cobrar pelos seus novos SSDs. De acordo com a notícia, o modelo de 1TB irá sair € 249 (€ 0,24 por GB) no mercado europeu, com a variante de 2TB saindo €449 (€ 0,22 por GB). Assim como praticamente todos os SSDs do mercado baseados em PCIe Gen 4, o MP600 utiliza o controlador Phison PS5016-E16.

Para efeitos de comparação, o atual SSD topo de linha da Corsair, o MP510, está sando € 160 na variante com 960GB (€ 0,16 por GB). O modelo de 1920GB do produto baseado em PCIe Gen 3 sai por € 320 (€ 0,16 por GB).

Fonte da imagem: Corsair

Via: TechPowerUp, Cowcotland
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.