Quer uma jaqueta do Cyberpunk 2077? Não gaste US$ 400 no eBay, alerta CD Projekt Red

Como acontece todo ano, alguns itens de merchandising sendo distribuídos na E3 estão aparecendo à venda online por preços exorbitantes. Um dos produtos mais hypados do momento é uma jaqueta baseada no universo de Cyberpunk 2077 que aparentemente foi distribuída para o pessoal da CD Projekt Red e alguns convidados especiais e mídia (será que o Keanu ganhou uma?). Agora é possível encontrar essa jaqueta à venda no eBay por valores que passam dos US$ 400.

Esses preços malucos fizeram Rafal Jaki, chefe de desenvolvimento de negócios da CD Projekt, ir ao Twitter pedir para as pessoas que não comprem os produtos. E o motivo pra isso foi a revelação de uma informação que é nova, mas não surpreende: a CD Projekt Red pretende vender uma jaqueta dessas em sua própria loja:

"Por favor não compre a jaqueta do Cyberpunk 2077 no eBay por US$ 400. O plano é ter uma versão parecida em nossa loja."

Jaki não quis revelar ainda o preço, como seria de se esperar, mas garantiu que a jaqueta vendida oficialmente por eles vai custar menos de US$ 400.

o preço conseguiu alcançar valores tão altos por ser um leilão, e o mais provável é que continue subindo, mesmo com o aviso de Jaki. As pessoas provavelmente não vão querer esperar a jaqueta chegar à loja da CD Projekt Red ou querem sentir uma certa exclusividade no item, já que foi especialmente criado para a E3 2019 e vai estar entre os primeiros que podem ser conseguidos.

O pessoal da Eurogamer, de onde vem a notícia, deu uma pesquisada no eBay e achou alguns outros itens dessa E3 também por preços discutíveis. Nada chega nos impressionantes US$ 400 da jaqueta, mas a máscara de porco do Watch Dogs Legion e o kit de posteres para Borderlands 3 mostrados abaixo apareceram por US$ 40.


Créditos de imagens: Eurogamer e CD Projekt Red

Fonte: Eurogamer
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.