Enter the Gungeon está de graça na Epic Games Store até 20 de junho

Apesar de não ser tão amada quanto a Steam, a Epic Games Store está ganhando a atenção de muitos jogadores ao dar jogos gratuitos a cada duas semanas, e o título da vez a ficar de graça na plataforma é Enter The Gungeon. O jogo independente publicado pela Devolver Digital pode ser regatado sem custos até dia 20 de junho.

Para pegar a sua cópia, é necessário ir até a página oficial do game na Epic Games Store e clicar no botão "Free". Se você possui uma conta na loja, basta fazer login, clicar no botão "Fazer Pedido" e adquirir o jogo, que normalmente custa US$ 7,99 na plataforma.

A instalação pode ser feita logo em seguida junto com o launcher da Epic. Lembrando que não é necessário fazer o download logo em seguida para garantir uma cópia. Basta resgatar o jogo até dia 20 de junho para adicioná-lo na sua biblioteca e ter o título para sempre.

Lançado em 2016 pelo estúdio Dodge Roll junto com a Devolver Digital, o jogo é um bullet hell que te coloca em diversas fases para derrotar inimigos com diferentes tipos de armas. Em abril, o título ganhou uma grande atualização chamada A Farewell To Arms, e o trailer pode ser visto acima.

O update é o último grande DLC gratuito do jogo e traz diversos conteúdos extras, incluindo novos personagens, armas, chefões e níveis para serem explorados durante o gameplay. 

Abaixo, você pode conferir os requisitos mínimos para rodar o game no PC. Além de estar disponível nos computadores, o jogo também está disponível para Nintendo Switch, PS4 e Xbox One.

Sistema operacional: Windows 7 
Processador: Intel Core 2 Duo E6320 (2*1866) ou equivalente
Memória: 2 GB de RAM
Placa gráfica: GeForce 7600 GS (512 MB) ou equivalente
Espaço no disco: Requer 2 GB de espaço livre

Via: Rocket Paper Shotgun
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Meu nome é Mateus Mognon. Depois de viver 16 anos sem internet no interior de Lagoa Vermelha-RS, eu vim até Florianópolis com apenas um objetivo: sobreviver. Para isso, eu comecei a estudar Jornalismo na UFSC e trabalhar no Adrenaline, onde produzo conteúdos e notícias da forma mais ágil possível. Com pouco salário e muito trabalho, eu sou... O Antigo Estagiário (agora colaborador!)