Square Enix vai digitalizar seus principais games e quer lançar serviço de assinatura

A Square Enix possui propriedades intelectuais com mais de 40 anos, e a empresa não pretende descansar enquanto todo seu catálogo principal de games estiver disponível digitalmente. Em entrevista ao Game Informer, o CEO da gigante dos games, Yosuke Matsuda, disse que um dos principais objetivos da empresa agora é trazer títulos antigos de volta ao mercado.

“No que diz respeito aos nossos principais títulos, a maioria deles tem variantes que você pode jogar agora", explica o executivo. "Os games mais clássicos que você pode ter jogado no NES, ainda estamos trabalhando duro para fazer com que você possa jogá-los”.


Chrono Trigger. Imagem: Steam

Yosuke Matsuda também comentou sobre as dificuldades desse processo de recuperar games e relançá-los digitalmente. A companhia sofre constantemente com críticas por causa de seus ports que não esbanjam qualidade.

O executivo explicou que o código original de muitos jogos da empresa acabaram se perdendo, o que dificulta o processo de reviver certos games. 

"Alguns consumidores perguntam: 'Por que vocês não lançaram esse [game] ainda?' E a verdade é que não sabemos onde ele foi parar"
- Yosuke Matsuda, CEO da Square Enix

Até mesmo grandes títulos como o primeiro Kingdom Hearts tiveram seu source code extraviado e, para fazer a versão em HD do título, a companhia teve que redesenhá-lo do zero com base nas versões lançadas no mercado.

Serviço de streaming próprio


Imagem: Square Enix

Além de ter como objetivo digitalizar o máximo de jogos possível, a Square Enix também cogita lançar uma plataforma própria para seus games no futuro. Durante a entrevista ao Game Informer, o CEO da companhia mencionou que a empresa planeja ter um serviço próprio para assinatura e até streaming de games.

O comandante da Square Enix mencionou o fato de outras companhias também estarem seguindo esse caminho e disse que é um passo natural da indústria. "Eu acho que todo mundo está indo nessa direção, então nós queremos ser proativos em considerar essas opções", diz Yosuke Matsuda. 

"No futuro, gostaríamos de ver isso em um serviço de assinatura ou transmissão, por isso estamos explorando a possibilidade de criar um canal dedicado para nós"
- Yosuke Matsuda, CEO da Square Enix

Além da Eletronic Arts já possuir as assinaturas EA e Origin Access, e a Ubisoft apresentou durante a E3 2019 a plataforma Uplay Plus, que vai trazer todos os jogos feitos pela empresa por um preço mensal fixo. Em sua conferência no evento, a Bethesda também dedicou parte de sua apresentação para apresentar a Orion, uma tecnologia própria para facilitar o streaming de seus jogos. 

Apesar do interesse na ideia de investir em uma plataforma própria, a Square Enix ainda não sabe ao certo como vai fazer isso. Ou seja, o projeto ainda está em fases iniciais. "Ainda não sabemos se seria um serviço de assinatura ou um serviço exclusivo de download, ou qual a forma que ele pode assumir, mas queremos alavancar nosso catálogo", explica Matsuda.

Créditos da imagem de chamada: Polygon

Via: VG247 Fonte: Game Informer
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Meu nome é Mateus Mognon. Depois de viver 16 anos sem internet no interior de Lagoa Vermelha-RS, eu vim até Florianópolis com apenas um objetivo: sobreviver. Para isso, eu comecei a estudar Jornalismo na UFSC e trabalhar no Adrenaline, onde produzo conteúdos e notícias da forma mais ágil possível. Com pouco salário e muito trabalho, eu sou... O Antigo Estagiário (agora colaborador!)