Razer lança a primeira bebida para gamers do mundo, a Respawn

Em 2010 a Razer fez uma brincadeira de 1º de abril onde foi apresentada a mistura energética Project Venom V2, que seria o resultado de longas pesquisas para ajudar os jogadores a aguentar várias horas na frente do PC. Ou que parece a brincadeira foi longe demais e agora a empresa conhecida pelos seus periféricos gamer está lançando a primeira bebida gamer do mundo, a Respawn

A bebida é um composto que deve ser misturado com água e promete ajudar os jogadores a manter a concentração mesmo depois de várias horas de jogo ou trabalhos no computador, sendo chamada de “mix mental” pela Razer. A Respawn (sem vínculos com a desenvolvedora, cuidado) combina vitaminas do complexo B como a Colina com chá verde, gengibre e 95mg de cafeína - equivalente a uma xícara - em misturas com sabores de framboesa, maçã verde melancia e abacaxi. Uma caixa com 20 pacotes da solução solúvel em água custa US$ 20, mas o copo é vendido separadamente por mais US$ 30. 

Por mais que muitas pessoas tenham brincado com a falta de iluminação RGB e suporte para o Razer Chroma no copo, não posso deixar de citar que é uma oportunidade perdida de implementar as luzes. Se alguém vai se dispor de comprar o kit de bebidas da Razer talvez queira ter a opção de deixar todos os seus apetrechos combinando. 

De qualquer forma  o composto é vendido separadamente e ainda, segundo a Razer, é livre de Taurina e açúcares, o que faz com que a bebida não tenha o mesmo efeito energético do que outras soluções semelhantes. A ideia da Razer com a Respawn é levar esse conceito até streamers e jogadores profissionais da mesma forma que foi feito com o G-Fuel, uma bebida de cafeína e frutas para atletas.

Se quiser comprar a bebida energética Respawn basta acessar o site da razer.


Créditos de imagem: Razer

Via: engadget Fonte: Razer
Assuntos
  • Redator: Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro virou jornalista pelo amor aos games e o desejo de escrever seus próprios roteiros para jogos com nota máxima no Metacritic. Apesar de ter atuado como designer e desenvolvedor de jogos durante dois anos, a paixão pela redação o trouxe para "os bastidores", onde está adquirindo experiência e aprendizado nos mais diversos segmentos da tecnologia. E é dessa forma que pretende se tornar especialista na área e descobrir o que fazer quando os robôs começarem a dominar o mundo.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?