CEO da Playstation afirma que a Sony vai investir no PS Now a partir deste ano

A essa altura do campeonato está mais que certo que uma das grandes apostas para a próxima geração de consoles é o streaming de jogos. Estamos nos aproximando da E3 e, consequentemente, das tão esperadas conferências da Microsoft, onde se espera ter a revelação de seu novo videogame, e da Google, que fará uma apresentação nesta quinta-feira (06), antes da maior feira de games do mundo, para falar mais da sua plataforma de streaming, Stadia

Empresas de peso já estão trilhando seu caminho por esse novo jeito de conectar os jogos com seu público e parece que a Sony está pretendendo entrar com força nessa disputa. Em uma entrevista para o Financial Times,o CEO da Playstation, Jim Ryan, deixou claro que neste ano e nos próximos o seu serviço de streaming de games, Playstation Now, vai ser impulsionado com bastante força. O que significa que o serviço de assinatura do Playstation finalmente vai receber mais atenção, conteúdo e, certamente, uma expansão em seu território de funcionamento.

"Obviamente, vimos a tendência em outras formas de entretenimento para a adoção em massa de streaming como um meio de acessar conteúdo. É provável, muito provável, que os jogos sigam essa tendência [...] Estamos ficando mais confiantes com o serviço [PlayStation Now] e vamos realmente começar a impulsioná-lo este ano e nos próximos.” 
Jim Ryan, CEO da Playstation

Vale lembrar que o PS Now foi lançado no final de 2014, mas até hoje só está disponível para na Áustria, Bélgica, Canadá, França, Alemanha, Irlanda, Japão , Luxemburgo, Holanda, Suíça, Estados Unidos, Reino Unido, Espanha, Itália, Portugal, Noruega, Dinamarca, Finlândia e Suécia. Apesar de ter tido alguns rumores sobre uma possível expansão para o Brasil, isso não aconteceu. 

Mesmo sem a Sony na E3 deste ano, devemos ter mais informações sobre os planos da empresa para seu serviço de streaming de jogos em breve. Pois com a chegada do Stadia e a consolidação do Xbox Game Pass, a dona dos Playtations não vai querer ficar de fora da disputa por serviços no seu próximo console. A recente parceria firmada com a Microsoft é uma prova de que a empresa está buscando investir em mais recursos para o Playstation 5, então podemos esperar por coisas boas vindo aí. 


Créditos de imagem: Playstation

Via: WCCF Tech, The Verge
  • Redator: Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro virou jornalista pelo amor aos games e o desejo de escrever seus próprios roteiros para jogos com nota máxima no Metacritic. Apesar de ter atuado como designer e desenvolvedor de jogos durante dois anos, a paixão pela redação o trouxe para "os bastidores", onde está adquirindo experiência e aprendizado nos mais diversos segmentos da tecnologia. E é dessa forma que pretende se tornar especialista na área e descobrir o que fazer quando os robôs começarem a dominar o mundo.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?