Supostas GPUs Navi aparecem no 3DMark e no benchmark de AOTS rodando a 1GHz com 8GB

Há poucas semanas de seu lançamento oficial, duas supostas GPUs Navi apareceram em testes de benchmark do 3DMark e do game Ashes of The Singularity. É isso que afirma o famoso "vazador" TUM_APISAK, que teria avistado as amostras de engenharia 731F:C1 e 7310:00 nos testes, mostrando um pouco de suas possíveis especificações.

Como mostrado na tabela, o modelo 731F:C1 apareceu no 3DMark com core clock de 1GHz e clock de memória 1.25 GHz, com 8GB. O pessoal do WCCFTech especula que a memória já deve chegar na geração GDDR6, porque com este clock em GDDR5 teríamos um total de 5GHz, o que não é muito para o que se espera dessa placa. Em GDDR6 a velocidade final seria de 10GHz, o que se torna mais interessante. Também é válido mencionar que o core clock de 1GHz deve ser apenas para a amostra de engenharia e espera-se um número mais elevado para o lançamento do produto final.

O modelo 7310:00 apareceu no teste do Ashes fo The Singularity e, pelos resultados, imagina-se que essa seja uma amostra de engenharia muito inicial e que os testes foram feitos sem os drivers adequados que otimizassem a performance. Na lista de comparações abaixo podemos ver que os resultados estão bem abaixo do que se espera de um produto sendo lançado em 2019, então realmente não devem refletir a capacidade da Navi em seu lançamento final:

A especulação a respeito da geração GDDR6 de memórias para as placas de vídeo Navi é reforçada por um outro vazamento, que aconteceu no final de abril, onde podemos ver, supostamente, o PCB da placa. Claro que todas essas informações partindo de vazamentos são apenas rumores e especulações em cima de dados não oficiais. Como dito antes, teremos o evento da AMD na Computex 2019 para confirmar e/ou desmentir o que imaginamos das novas GPUs até agora.

Fonte: WCCFTech
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.