Asus lança linha ROG Strix LC, com dois modelos de watercooler AIO para CPUs

A Asus revelou hoje sua nova linha de soluções de resfriamento All-in-One para processadores. Os ROG Strix LC 120 e ROG Strix LC 240 são watercoolers CLC de alto desempenho, que chegam como uma alternativa mais modesta e de menor custo para os topos de linha Ryou e Ryujin, lançadas no ano passado.

Asus atualiza 35 modelos de placa-mãe com suporte para CPUs AMD Ryzen 3000

Assim como seus nomes já indicam, os watercooler apresentam dois tamanhos de radiadores diferentes, sendo 120 x 120 mm e 240 x 120 mm, respectivamente. Sua bomba tem um design um pouco mais compacto que outros modelos de liquid cooler e usa uma placa de cobre para melhor dissipação do calor, além de acompanhar 4 pinos PWM que permitem o ajuste da pressão do líquido. Sua tampa conta com iluminação RGB com efeitos e cores controlador pelo software disponibilizado pela Asus e também pode ser sincronizado com motherboards e outros dispositivos da empresa. 

As fans do radiador giram entre 800 e 2.500 RPM, aumentando até 80,95 CFM de ar. Apesar de ser um desempenho relativamente superior a outros produtos AIO, os ROG Strix não apresentam uma grande diferença de barulho, alcançando até 37,6 dBA em sua potência máxima. Sua compatibilidade abrange uma gama de diversos soquetes da Intel (LGA 1150, 1151, 1152, 1155, 1156, 1366, 2011, 2011-3, 2066) e AMD AM4. O Watercooler também é compatível com o TR4 , entretanto seu suporte é fornecido separadamente.

   

Site do produto

A Asus não revelou os preços dos novos ROG Strix, mas eles devem chegar ao mercado em breve como soluções mais baratas que os outros watercoolers da empresa. É provável que, assim como foi feito no ano passado, seu lançamento seja feito durante a Computex, que acontece dos dias 29 de maio a 1 de junho. 

Via: Asus, Techpowerup, Tomshardware
  • Redator: Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro virou jornalista pelo amor aos games e o desejo de escrever seus próprios roteiros para jogos com nota máxima no Metacritic. Apesar de ter atuado como designer e desenvolvedor de jogos durante dois anos, a paixão pela redação o trouxe para "os bastidores", onde está adquirindo experiência e aprendizado nos mais diversos segmentos da tecnologia. E é dessa forma que pretende se tornar especialista na área e descobrir o que fazer quando os robôs começarem a dominar o mundo.

Os lançamentos problemáticos de games tem feito você evitar pré-compras?