Processadores Intel em 10nm podem chegar apenas em 2022, segundo rumor

Por João Gabriel Nogueira 25/04/2019 17:44 | atualizado 16/08/2019 17:03 Comentários Reportar erro

Um vazamento de roadmaps da Intel pode indicar que a empresa ainda não está pronta para acelerar o avanço das litografias em suas CPUs. Segundo as informações não oficiais do momento, nos próximos anos veremos uma geração Comet Lake-S, depois a Comet Lake-U, seguidas pela Rocket Lake-S, todas ainda em nods de 14nm. Os 10nm apareceriam apenas na geração Ocean Cove, no final de 2021 ou até mesmo em 2020.

Segundo o report, que vem do TweakTown, veremos processadores Comet Lake-S com 2, 4, 6 e 8 núcleos entre agora e até o meio de 2020, todos em 14nm. Depois veremos processadores Comet Lake-U num patamar mais avançado, com novos modelos de 8 e 10 núcleos, ainda em 14nm.

Seguind a Comet Lake-U, devemos ver chegar então a Rocket Lake-S, sem muitas informações de que modelos vão aparecer. Essa geração deve trazer melhorias e entregar novos nodos mais otimizados, mas ainda fabricados nos mesmos 14nm.

Os 10nm, segundo o rumor, estão reservados para fazer sua estreia na Ocean Cove, que pode aparecer na primeira metade de 2021 com processadores de 4 núcleos.

Enquanto isso, a AMD já está confirmada para apresentar sua linha de processadores Ryzen 3000 da geração Zen 2 na Computex 2019, daqui a pouco mais de um mês, no final de maio. Todos modelos da nova linha serão fabricados em 7nm. Independentemente da performance final que os produtos mostrarem, a imagem da empresa tem sido bastante favorecida por estar chegando primeiro à geração mais avançada, enquanto a concorrente enfrenta problemas. E isso se reflete não só no segmento doméstico, mas também no importante e concorrido segmento de servidores e datacenters.

Fonte: TweakTown
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Você se importa com a temperatura da série RX 5700?